Um edifício que passa despercebido por quem anda pelo centro da cidade, mas que curiosamente tem vários elementos interessantes em sua construção (para olhos atentos, é claro!).

Parte dos inúmeros imóveis vazios ou em situação de abandono de São Paulo, o Edifício Domingos Leardi está localizado na tradicionalíssima rua Quintino Bocaiúva, e já teve dias melhores.

O prédio já foi alvo de vandalismo e está com algumas janelas quebradas em seus andares, o que aumenta ainda mais o visual degradado do imóvel. Por várias vezes ao longo dos últimos anos ele chegou a ser ocupado por pessoas em busca de moradia.

A princípio a tendência é não dar muito valor ao prédio que, reconheço, não tem nada de espetacular em sua arquitetura. Porém as atrações (posso dizer assim ?) desse estreito edifício são outras coisas:

Na foto, o belo trabalho artístico na entrada do edifício

A primeira podemos notar logo sobre a entrada do prédio. Ali existe um pequeno e belo vitral fosqueado com uma imagem de São Paulo, destacando o Edifício Altino Arantes (ou se preferir o cafona nome novo dele, Farol Santander), e mostrando também o nome da empresa que se estabeleceu ali por um certo tempo, a Imobiliária Domingos Leardi.

O outro detalhe interessante é a antiga publicidade desta mesma empresa na empena cega do edifício:

Na foto, a publicidade antiga que ressurgiu

Ela esteve oculta por longos anos sob várias camadas de tinta. À medida que chuvas foram atingindo a empena cega e a ausência de retoques na pintura revelou a propaganda antiga um interessante resquício da publicidade do passado, tal qual a da Caracu que ressurgiu na rua Antônio de Godoy.

A título de curiosidade este edifício também abrigou por um tempo a sede do Instituto Brasileiro de Mecanografia.

Veja mais fotos deste edifício (clique na miniatura para ampliar):

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

JOIN THE DISCUSSION

Comments

  • Heitor Serra Bezzi 13/09/2009 at 23:28

    Este prédio abrigou, durante várias décadas, o Instituto Brasileiro de Mecanografia, talvez a mais famosa escola de datilografia de São Paulo, onde também se realizavam provas de datilografia de concursos públicos. Os proprietários da escola preferiram fechá-la a aderir ao ensino de informática.

    Reply
    • José Antonio 02/11/2014 at 12:21

      A escola não era neste prédio. Era no 255. São edifícios próximos, mas diferentes.

      Reply
  • Kadu Nogueira 24/09/2009 at 11:56

    Simplesmente espetacular o trabalho de vocês. Parabéns! É realmente triste ver no que esta cidade se transformou.

    Reply
  • elaine leardi 07/10/2012 at 11:43

    moro na frança e vejo com tristeza um patrimonio de meu avo abandonado até por que gostaria muito de ter o conhecido leardi nome lindo e com muitas estorias.

    Reply
  • Bartira 10/06/2018 at 23:40

    Douglas, esse vitral era logo acima da porta de entrada? Passei lá e me parece que uma parte acima da porta foi fechada com alvenaria. Tenho impressão que era lá que estava o vitral. Se for, mais uma coisa que se perdeu.

    Reply
    • Douglas Nascimento 11/06/2018 at 08:41

      Sim, eu notei isso semana passada. Ou foi quebrado, removido ou simplesmente cimentado. Uma pena…

      Reply