Localizado no número 93 da Rua do Carmo, região da Sé, este enorme edifício de 23 andares está abandonado há anos, bem próximo da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo.

Crédito: Douglas Nascimento / São Paulo Antiga

É praticamente um monumento dedicado ao abandono e a deterioração de imóveis da região central de São Paulo. O prédio foi largado semi acabado com centenas de barras de ferro expostas como se fosse uma espécie de “obra de arte conceitual”. Algumas de suas paredes foram fechadas com blocos e outras ainda estão abertas.

Obtivemos informações desencontradas sobre este imóvel, sendo alguns vizinhos a construção dizendo que o mesmo foi projetado para ser um edifício garagem.No térreo aparentemente funciona um estacionamento de veículos, mas encontrava-se fechado no dia que passamos para fotografar o imóvel.

Em um cidade que falta habitação, causa indignação ver um edifício desta magnitude se deteriorando cada vez mais. Até quando ?

Veja outras fotos deste edifício (clique na imagem para ampliar):

Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento

Confira o mapa do local:

Visualizar São Paulo Antiga em um mapa maior

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe um comentário!

Comments

  • Marcelo S. M. 19/01/2010 at 08:19

    Eu trabalho perto desse edifício, e sempre quis saber a respeito dele. Ao perguntar aos colegas de trabalho, ninguém sabia me responder, e ao colocar no Orkut, alguém respondeu assim:

    “Foi o metrô que impediu o prosseguimento da construção…

    Motivo:
    -Existe uma transferência de linha [1 Azul x 3 Vermelha], logo abaixo deste prédio, onde houve rachaduras no túnel.

    Fonte: Memorial da cia do Metropolitano de SP – Lá na central vergueiro tem as imagens e noticias.”

    Espero ainda saber se esse foi o real motivo do abandono, e se estava rachando o túnel, por que não foi demolido, e ainda quem seria o suposto dono do prédio.

    Abraços!

    Marcelo S. M.

    Reply
    • vitoria 07/02/2011 at 21:26

      Boa Noite Marcelo

      Tenho muita historia para contar do prédio da Rua do Carmo, digamos uma longa historia, saiba que existe documentos antigos que podem contar esta historia.
      Para muitos é um prédio antigo e que merece ser demolido, concordo com a idéia, porém todas as vezes que passo em frente, tenho recordações maravilhosas.conheço desde 1983 porém já havia mais de 10 anos de historia. espero colaborar com a sua curiosidade é bom descobrir algo interessante

      Reply
      • andré 20/07/2011 at 21:02

        conte algumas histórias sobre este prédio. Tenho muito interesse em saber. Bem que este prédio poderia ter suas obras terminadas.

        Reply
      • RONY 03/10/2011 at 12:21

        VITORIA, BOM DIA SOU ESTUDANTE DE JORNALISMO, E GOSTRIA QUE VOCÊ ME ESCREVE-SE PARA ME CONTAR AS HISTORIAS QUE VOCÊ SABE SOBRE ESSE PRÉDIO. OBRIGADO

        Reply
      • rony 07/11/2011 at 19:04

        VITORIA BOA TARDE SOU ESTUDANTE DE JORNALISMO E GOSTARIA DE SABER MAIS IMFORMAÇÕES DESSE PRÉDIO SE VOCÊ PUDER ME AJUDAR EU AGRADEÇO.

        OBRIGADO

        Reply
      • Marcelo S. M. 12/01/2012 at 10:19

        Oi, Vitória!

        Obrigado pela postagem. Fico interessado em saber mais detalhes desde a origem da construção, quem são ou eram os donos, os porques de ainda estar daquele jeito.

        Obrigado mais uma vez!

        Reply
    • Deborah 30/11/2011 at 19:13

      Não sei,não, esse prédio está embargado desde antes das obras do metrô, que eu saiba…o estacionamento não existe mais, o prédio virou um cortiço em seu primeiro andar. Todos os dias, quando abro a porta da varanda do meu apartamento dou de cara com esse esqueleto…poderia ser reformado e virar moradias populares, mas acho que vai desmoronar antes de receber alguma destinação…Muda a administração mas o problema continua lá…

      Reply
  • André 19/01/2010 at 09:56

    Já que não é possível terminar a construção, o edifício poderia ser demolido e ser dada uma nova destinação para esta área. A Rua do Carmo precisa ser revalorizada, pois na mesma fica o Poupatempo e a primeira Igreja 24 horas da cidade.

    Reply
  • Guilherme 19/01/2010 at 13:25

    Este esqueleto pode ser visto da Radial Leste e até mesmo das partes mais altas da Bela Vista. Um belo elefante branco.

    Reply
  • milkian 20/01/2010 at 06:40

    Eu achava que era apenas um dos maiores esqueletos da cidade, mas parece que deve estar também entre os mais antigos.

    Se o metro impediu a finalização dele, estranho o fato de não terem o implodido, como o Mendes Caldeira.
    Pelo formato das paredes, realmente devria ser destinado a ser um edifício garagem.

    Reply
  • André 20/01/2010 at 12:15

    A Prefeitura de SP tem um projeto de fazer edifícios-garagens no centro da cidade. Se este prédio estiver em condições satisfatórias, poderia ser aproveitado.

    Reply
  • silvio luiz antunes 23/01/2010 at 04:32

    Fui morador da rua Tabatinguera de 1974 à 1983 e, quando cheguei lá este esqueleto já existia e o colégio do Carmo ainda não tinha sido demolido aliás ainda funcionava!
    Portanto o metrô nada tem a ver com o abandono do prédio.
    Alguns coleguinhas meus da rua do Carmo recentemente subiram até o topo desse prédio, eu e meus amigos também fizemos isso no começo dos anos 1980, e tiraram muitas fotos que podem ser vistas no orkut de Lυccαร ¹³
    http://img1.orkut.com/images/milieu/1232992180/1233019115355/44444758/ln/Z2zg3jj.jpg?ver=1233019115 eles fizeram muitas fotos do interior do prédio e pelo estado dele a tragédia está sendo anunciada.

    Reply
    • rony 09/02/2010 at 13:40

      por favor envie essas fotos do edificio da rua do carmo que vocês tiraram, obrigado

      Reply
  • André 23/01/2010 at 14:12

    Como faço para ver todas as fotos que foram feitas no interior do prédio?

    Reply
  • André 24/01/2010 at 12:33

    Me cadastrei no orkut do Lucas e consegui ver mais de 70 fotos da parte interna do prédio. O pessoal que tirou estas fotos está de parabéns, apesar do trabalho arriscado. Ele conseguiram chegar até o topo do prédio. O interior do prédio está completamente abandonado, cheio de restos de materiais de construção. Apareceu até umas garrafas antigas de guaraná Brahma, que não existe mais.

    Reply
    • rony 11/02/2010 at 07:15

      andré gostaria tambem de ver essas fotos como eu faço?

      Reply
      • André 13/02/2010 at 17:31

        Você tem que se cadastrar no orkut do Lucas, ou seja, tornar-se amigo dele que dá para ver todas as fotos. O nome dele é: Lυccαร ¹³
        Qualquer dúvida, entre em contato.

        Reply
    • Rogério 07/04/2010 at 01:12

      Olá, André.
      Eu não conseguir localiza o perfil do lucas que comenta.
      Haveria possibilidade de me indicar o perfil dele ou o seu para que eu possa chegar até ele.
      Obrigado.
      Rogério.

      Reply
      • André 07/04/2010 at 11:34

        Olá, entre no meu orkut: André Maciel Rocha, sou de São Paulo-SP.
        Assim que estiver cadastrado, você vai procurar nos meus amigos: Lυccαร ¹³

        Qualquer dúvida, entre em contato.

        Reply
      • rony 20/05/2010 at 10:42

        andre gostaria de ver essas fotos do inteior desse predio mas não consigo me cadastrar no orkut do lucas por favor me de algumas dicas ou me mande o seu e mail.

        obrigado

        Reply
        • André 20/05/2010 at 16:39

          Olá, tudo bem?
          Peguei algumas fotos no Orkut dele e salvei.
          Acesse o endereço http://www.yousendit.com/download/dXFYeEVaYUlCSnF4dnc9PQ e faça o download des 30 fotos. No Orkut tinha 70, selecionei as melhores.

          Um abraço!
          Este prédio é colossal. Outro dia, consegui ver ele na esquina da Rua João Teodoro com a Avenida Cruzeiro do Sul, no Pari. Qual será o seu futuro?

          Reply
          • rony 29/05/2010 at 11:23

            André bom dia .

            Por favor gostaria que você me mandasse as fotos que você conseguiu desse predio pois estou fazendo engenharia civil e gostaria de fazer meu trabalho de escola encima desse predio por favor me mande essas fotos no meu E.mail se você puder me fazer esse favor eu fico muito agradecido.

            ronesousa2008@gmail.com

  • William de Queiroz 10/02/2010 at 09:05

    Desde que me conheço como gente esse “esqueleto” continua do mesmo jeito…isso mais de 30 anos…

    Reply
  • André 19/02/2010 at 14:59

    Este prédio devia ser uma construção imponente para a época. Da Praça da Sé, você já vê ele com perfeição.
    Pelo que vi de longe, além do prédio, existia anexos com menos andares. Quem será que é o dono do imóvel, será que está pagando o IPTU em dia?

    Reply
  • Renato Pereira 12/03/2010 at 16:48

    Trabalho do lado desse prédio e de fato durante o dia ele funciona como um estacionamento. Ouvi dizer que ele não pode ser implodido por que afetaria as estruturas do metrô. E dizem também que esse prédio pertence ao TRT ou algo do gênero e que por isso há uma indefinição do que deve ser feito com ele. A construção de um estacionamento, se houvesse condições, seria perfeita já que há escassez de vagas na região e o imóvel está ao lado da estação Sé.

    Reply
  • André 15/03/2010 at 12:24

    Hoje, no jornal Diário do Comércio, saiu uma matéria sobre o “esquecimento” da Praça Clóvis, no centro.

    Saiu algumas fotos antigas e atuais da praça. Dá para ver este prédio com perfeição.

    O link é: http://www.dcomercio.com.br/Materia.aspx?id=40805

    Reply
  • André 26/03/2010 at 15:42

    No site da Revista Veja, tem uma matéria com vídeo falando sobre árvores que cresceram em prédios e outras construções abandonadas. Este prédio aparece no vídeo já que nasceu uma árvore nos seus últimos andares.
    Quem quiser assistir, o link é: http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/adiantamento-desigualdade-verde-sao-paulo-527892.shtml#video1

    Reply
  • Jefferson Eduardo 03/08/2010 at 21:15

    Deveriam pô-lo abaixo ou, melhor, dá-lo aos sem-teto do centro. Eu não suporto esses espigões !

    Reply
  • Mauricio Martins do Fanno 29/12/2010 at 12:53

    Este prédio começou a ser construído em 1966 ou 1967. Lembro bem dessa época porque estudava no Colégio do Carmo e as aulas eram monstruosamente atrapalhadas por um bate estacas que operava durante o dia todo. Muitos professores tinham que interromper as aulas nos momentos mais críticos. Depois de uns dois anos em contrução ele parou e nunca mais foi mexido. Desta forma ele está assim desde pelo menos 1970, provavelmente até antes, ou seja, há mais de 40 anos. Na época se comentava que ele seria um edifício garagem e que as obras tinham sido paralizadas por disputas entre o espólio do dono da obra. De qualquer forma é bizarro que eu esteja escrevendo aqui, já entrado em anos de algo que aconteceu na minha primeira infância. E a Prefeitura não consegue resolver este problema, permitindo uma chaga visível em torno o entorno (até da Radal Leste ele é avistado). Quem sabe não resolva para a Copa de 2014!!!

    Reply
  • André 30/12/2010 at 14:27

    Ontem, passei novamente em frente a este prédio. Foi
    construído um pequeno muro em frente a calçada para impedir o
    acesso de carros, já que o estacionamento foi fechado. Deve ter
    alguém morando no primeiro andar, pois haviam um varal cheio de
    roupas penduradas. Com a grande especulação imobiliária que existe
    em São Paulo, não sei como este esqueleto não foi derrubado para
    dar lugar a um edifício comercial.

    Reply
  • André 22/02/2011 at 15:48

    Consultei o arquivo histório da Folha de São Paulo pela internet (acervo.folha.com.br), colocando na busca o endereço: Rua do Carmo 93.
    Apareceu um anúncio classificado do dia 05 de março de 1964 sobre a venda de garagem automáticas.
    Quem quiser dar uma olhada, segue o link: http://migre.me/3Vwtf

    Reply
  • Melina 17/03/2011 at 16:15

    André,

    Você poderia me passar as fotos do edificio da rua do carmo.
    Sou estudadante de arquitetura da uninove, e pretendo fazer meu trabalho de finalização de curso reaproveitando a edificação ja existente.
    Gostaria de saber como que os seus colegas entraram lá e se você possui mais alguma informação sobre ele.

    grata.

    Reply
  • André Maciel 24/12/2011 at 12:35

    Veja uma matéria com o Douglas Nascimento, criador deste blog, no Jornal da Gazeta (TV Gazeta), que fala sobre este prédio: http://www.youtube.com/watch?v=qmBieeoJqpg&feature=youtu.be

    Reply
  • André 30/04/2012 at 12:23

    Hoje, o Diário de São Paulo trouxe uma matéria com vídeo sobre este prédio abandonado: http://www.diariosp.com.br/noticia/detalhe/20191/Medo+de+desabamento+ronda+a+Rua+do+Carmo+

    Reply
  • André Maciel Rocha 11/05/2014 at 00:42

    Navegando pela internet, encontrei uma foto sobre o Comício das Diretas-Já, que aconteceu em 1984, onde aparece este edifício ao fundo: http://www.redebrasilatual.com.br/revistas/93/reflexoes-sobre-um-golpe-em-nossa-historia-1268.html
    O aspecto do prédio permanece o mesmo, apenas as paredes estão mais escurecidas por ação do tempo, umidade e poluição.

    Reply
  • lorival fernandes 18/07/2014 at 10:29

    Nasci na rua do carmo, 227, em 1957, e brinquei muito neste edifício, me mudei em 1979 e até hoje continua o mesmo. Enigma e prova da ineficácia da prefeitura.

    Reply
  • Emerson de Faria 11/10/2014 at 20:16

    O que aconteceu com este prédio é sintomático do alto risco que se corre de comprar imóvel na planta nesse país. Em Itaquera, próximo ao Parque do Carmo, há um esqueleto de um prédio semelhante a este abandonado há décadas, e próximo do Metrô Itaquera, na Avenida Itaquera, onde hoje constrói-se um parque linear, há 20 anos anunciava-se a construção de um grande condomínio que jamais passou do stand de vendas. Fico imaginando a situação em que se encontram quem investiu nestes imóveis.

    Reply
  • André Maciel 08/11/2014 at 02:15

    Este prédio inacabado entrou no programa da Prefeitura para a cobrança de IPTU progressivo de imóveis vazios. Segue a relação dos imóveis: http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,prefeitura-de-sao-paulo-notifica-imoveis-ociosos-sobre-iptu-progressivo,1585437

    Reply
  • Maria Fatima Goncalves Naslaniec 07/02/2015 at 12:40

    Trabalho ao lado desse prédio e para nós é uma vista bem feia, por causa de sua deterioração. Às vezes, podemos ver os urubus que vivem nos últimos andares e que vem para as janelas do nosso prédio. Alguns até pousam nos parapeitos e ficam fazendo “companhia” para quem trabalha perto das janelas. Quando comecei nesse trabalho, as pessoas diziam que a construção foi embargada pela Prefeitura e que seu dono suicidou-se por causa das dívidas… histórias que estão virando lendas urbanas!

    Reply
  • Mariana Araujo 27/02/2015 at 15:41

    Foto Google out/2014…permanecece da mesma fork a, abandonado…
    Na minha opinião, os dois imoveis a esqurda deste (esqurrda de quem ve) merecem um post aqui-se é que ja não tem….

    Reply
  • Juliana Ribeiro 07/05/2015 at 16:41

    Olá a todos!!

    Estou buscando informações sobre este edifício e outras estruturas ociosas para meu trabalho de conclusão de pós graduação em Sustentabilidade. Vi, por aqui, diversos links de fotos e histórias, porém a maioria deles está desatualizado ou não existe mais!
    Se alguém puder me auxiliar seria ótimo!!! Fotos, histórias.. qualquer informação é de extrema importância.
    Obrigada,
    Abraços!
    Juliana ( juribeiro.arquitetura@gmail.com)

    Reply
  • silvio luiz antunes 01/08/2015 at 18:09

    Me disseram a alguns dias que ele será demolido para construção de outro predio, alias serão contruidos varios na região o antigo cine shangai já foi demolido

    Reply
  • Roberto Andrade 24/05/2017 at 11:35

    Infelizmente o imóvel ainda continua intacto, sem qualquer providência do Poder Público recheado de ocupantes ilegais (cada vez mais ocupando um andar novo) usufruindo pasmem de água, luz, tv a cabo (clandestinos) além do local ser ponto tráfico e comercialização de drogas conforme é sabido pela população vizinha e pela própria PM.

    Reply
  • André Maciel 17/11/2017 at 23:38

    Nesta sexta-feira (dia 17/11/2017), o jornal SP1, da Rede Globo, mostrou imagens aéreas deste prédio da Rua do Carmo. O repórter falou que o edifício estava abandonado há anos e havia muitos lixo nos fundos dele, próximo a saída do Poupatempo.

    Reply
  • André Maciel 04/05/2018 at 00:22

    Matéria da Folha de São Paulo sobre este prédio abandonado: https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2018/05/predios-invadidos-por-sem-teto-acumulam-perigos-em-serie-em-sp.shtml

    Reply
  • André Maciel 12/07/2018 at 00:58

    Ultimamente, a Rede Globo está sempre fazendo matérias sobre este prédio no SPTV. A Prefeitura está tirando os moradores de lá. Seria bom que o prédio fosse implodido ou concluído!
    https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/familias-comecam-a-deixar-predio-de-24-andares-que-corre-risco-de-desabar-em-sp.ghtml

    Reply
  • Carlos Eduardo Dos Santos lima 07/09/2018 at 20:22

    Nasci nesta rua. Estudei no Colęgio N S do Carmo que não existe mais. Conheço eate predio deade pequeno. Hoje tenho 60 anoss e ele deve ter mais que isto abandonado

    Reply
%d blogueiros gostam disto: