O monumento está parciamente destruído. (clique para ampliar)

O patrimônio histórico e cultural no Brasil não é tratado com a dignidade que merece. Por todo o país vemos constantes atos de desrespeito e vandalismo que mostram que a nossa memória sempre está relegada ao segundo plano ou ao completo esquecimento. E, desta vez, fomos informados de um grande e repugnante descaso referente a um monumento que nos remete à Revolução de 1932.

Monumento ao Soldado de 1932 em Jaú é alvo de vandalismo

O monumento antes da depredação. (clique para ampliar)

Situado na Praça da República, o Monumento ao Soldado Constitucionalista Jauense foi terrivelmente depredado na madrugada do último dia 13 de março. O monumento possuía um muro de quase dois metros de altura com uma pequena plataforma, onde repousa um capacete constitucionalista chumbado no cimento que ainda resiste em meio aos atos de vandalismo recentes.

Segundo pessoas da cidade, sucessivos chutes na parede fizeram com que a parte traseira do monumento viesse ao chão, atingindo o capacete que também ficou danificado. Os infratores não foram identificados. O que sobra é lastimar-se pelo o desrespeito à memória e aguardar quando que a prefeitura de Jaú irá reparar o dano.

Abaixo, algumas fotografias do monumento antes da depredação (clique para ampliar):

About the author

Licenciada em História, é pesquisadora e professora da rede pública e particular em Guarulhos. É co-fundadora da Associação Guarulhos tem História e Associação Brasileira de Estudos Cemiteriais (ABEC). Co-autora dos livros "Guarulhos tem História" e "Guarulhos: espaço de muitos povos".

Deixe uma resposta

Comments

  • joao 19/04/2011 at 11:46

    Mto triste, ainda mais em jau que tem tantas pracas.

    Reply
  • Renata 19/04/2011 at 14:16

    Infelizmente a falta de respeito e de consciência de algumas pessoas em preservar o patrimônio público é lamentável.

    Reply
  • Gustavo Moreira 20/04/2011 at 21:08

    O monumento é bem bonito com linhas simples, vamos aguardar o restauro por parte da prefeitura. Creio que a instalação de câmeras ou algum dispositivo de segurança iniba esses atos.

    Reply
  • Junior 21/04/2011 at 12:46

    Meus caros, vai um desabafo jauense…
    Infelizmente em Jaú, nenhum dos patrimonios da cidade são pelo menos guardados, todos estão abandonados e a grande maioria é está localizado em locais onde hj são ponto de drogas, de pessoas bebendo, vandalos.
    Precisamos tentar conscintizar os jovens de toido país sobra a importancia que isso tem para nós e para nosso sucessores.
    Vamos ter esperança que isso um dia melhore!
    Sobre restauração, vamos aguardar a atual gestão fazer algo.
    Um abraço a todos

    Reply
  • adriano 24/04/2011 at 18:32

    é assim mesmo ,os governantes só se preocupam por coisas q puxam votos nas epocas eletorais

    Reply
  • Peterson Henrique Freitas 17/11/2011 at 15:11

    O monumento não era bonito, nem antigo. Mas merecia respeito pela memória dos soldados mortos na revolução.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: