Hoje os muros e paredes das nossas cidades são estampadas com grafites. Em um passado não muito distante, as casas eram decoradas em seus quintais com outra expressão artística: os murais de azulejos.

E existiam um grande número de artistas em São Paulo que faziam belos trabalhos em azulejos, que são encontrados em residências espalhadas por toda a nossa cidade e também municípios vizinhos.

Geralmente, as ilustrações ficavam no campo religioso, com ilustrações cristãs, de santos cujo morador tinha alguma devoção. Entretanto, é possível encontrar desenhos fora do escopo da fé que são muito interessantes, como o que encontramos nesta bela casa em São Caetano do Sul.

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

Localizada na rua João Molinari, no bairro de Boa Vista, esta bela residência antiga possui em um das paredes de seu quintal, aquele que para nós aqui do São Paulo Antiga é um dos belos murais de azulejos que já encontramos:

Foto: Douglas Nascimento / São Paulo Antiga

Trata-se de uma representação muito bonita da Rodovia Anchieta e também do trabalho de patrulhamento exercido pela Polícia Rodoviária.

O cenário mostra um policial observando o movimento da rodovia, enquanto outros dois aparecem na cena em segundo plano, o primeiro dirigindo uma moto de patrulha, enquanto um segundo está trafegando na própria rodovia, entre os demais veículos, com o que parece ser um Gavião, protótipo desenvolvido sobre a plataforma do Uirapuru.

Na foto, o Gavião

Na foto, o Gavião

A obra mostra que o pintor era, além de talentoso, antenado com a atualidade de seu trabalho. Além de não ter feito uma pintura tradicional, como a de santos, retratou uma rodovia que é símbolo para os paulistas e também a figura bastante respeitada e popular na época, que é o policial rodoviário.

Como o veículo Gavião foi apresentado ao público em 1966, e a famosa série “Vigilante Rodoviário” em 1962, não há dúvidas de que o mural foi pintado na década de 60.

O mural foi obra do artista conhecido como “Asteca” cujos trabalhos também são bastante encontrados em cemitérios paulistanos, como principalmente no Cemitério da 4ª Parada. Seu ateliê era na rua Joviniano Brandão, na Vila Prudente, mas visitamos a região várias vezes e não se sabe nada sobre o “Asteca”.

Se você tem alguma informação ou referência sobre o artista, entre em contato conosco para que possamos ampliar os estudos e pesquisas sobre ele.

Agradecimento: Clarice Spoladore

Saiba mais! Conheça outros belos murais de azulejos em São Paulo:

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

JOIN THE DISCUSSION

Comments

  • J.C.Cardoso 30/04/2015 at 11:38

    Esse Gavião (nem sabia) parece ter muito do SP-2 (da VW), não?

    Reply
    • Douglas Nascimento 30/04/2015 at 11:43

      Acho que na verdade o contrário, já que foi projetado 10 anos antes… mas este era alto, enquanto o SP2 você meio que dirige deitado

      Reply
      • J.C.Cardoso 30/04/2015 at 11:47

        Nunca havia ouvido falar, mas a frente (e até a porta) é bem próxima. Quanto ao SP2, lendo recentemente é que soube que houve SP (1), SP2 (o famoso), SP3 e SP4. À exceção do SP2, os demais com vida curta e pequena variação no design (acho que só o primeiro era o mais diferente de todos de todos).

        Reply
        • Luiz Gonçalves 30/04/2015 at 12:25

          Não não… Pára pára. A VW nunca fez o SP 3. Só desenvolveu um estudo a respeito. A Dacon fez uma modificação nos sp2 existentes e o chamou de sp3. Tinha motor de passat.Nunca houve nada de efetivo sobre um sp4.O gavião foi um protótipo feito pela brasinca e entregue a polícia rodoviária. Não se sabe o paradeiro dele.

          Reply
          • J.C.Cardoso 30/04/2015 at 15:03

            Bom saber, Luiz. Obrigado. Eu, como disse, só soube recentemente, porque na minha infância, só me lembro mesmo é do SP2. Quanto a esse Gavião… era motor de quê? VW? GM?

          • Marco Claudio Loiacono 14/05/2015 at 11:14

            Infelizmente foi destruido em um acidente.

        • Fernando Marson 06/05/2015 at 19:14

          J.C. Cardoso, este modelo era feito pela Brasinca(que nos anos 90 fez as picapes D20 com traseira fechada, parecida com as Bonanza) e usava motor GM 6 cilindros que era usado nas picapes e caminhões(antes até do Opala existir, muitas pessoas confundem este motor com o dele) utilizando 3 carburadores.

          Detalhe: a fábrica da Brasinca ficava em São Caetano do Sul mesmo, será o dono da casa um ex-funcionário dela?

          Reply
    • Fernando Marson 06/05/2015 at 19:16

      Olhando a frente com formato curvo até lembra a frente baixa do SP2, mas ainda só por fotos. Ao vivo são totalmente diferentes, ainda mais no tamanho e linha da lateral.

      Reply
      • J.C.Cardoso 07/05/2015 at 09:44

        Sim, lembra bem. Acho que os aros das rodas também.

        Reply
    • Denis 28/01/2016 at 15:23

      J.C.Cardoso esse carro é um Brasinca. Raríssimo hoje em dia. Esportivo 100% nacional que pouquíssimas pessoas se lembram.

      Reply
  • Rui Gatti 30/04/2015 at 12:11

    Existiu somente uma unidade do Gavião produzida. Tinha a motorização GM de 6 cilindros na dianteira e era equipado com maca para transporte de feridos e metralhadoras embutidas na dianteira, bem ao estilo James Bond. Não se sabe do paradeiro do veículo.

    Reply
    • J.C.Cardoso 30/04/2015 at 12:21

      Deve ter sido algo experimental, como o Democrata-Presidente (mas este ainda saíram uns cinco ou seis).

      Reply
      • Fernando Marson 06/05/2015 at 19:20

        Na verdade os Presidente tiveram algumas unidades, inclusive há alguns anos os irmãos que compraram unidades que restaram na fábrica montaram carrocerias que restaram nela. Então há alguns deles, por mais raros que sejam.

        Já o Gavião foi um modelo único, que foi feito especialmente para a Polícia Rodoviária e que infelizmente não existe mais.

        Há outros Brasinca 4200GT/Uirapuru por aí, estes sim em produção bem maior(mas ainda uma raridade).

        Reply
  • ralphgiesbrecht 30/04/2015 at 12:18

    O Malddad já sabe disso? Ele iria adorar pichar! Ah, não, ele não tem autoridade em São Caetano, desculpe…

    Reply
    • danielpardo2015 08/05/2015 at 15:29

      OCHI FI !!!!!!!!!!!!! Se você falar de PT de São Caetano o pessoal dai surta.

      Reply
  • ralphgiesbrecht 30/04/2015 at 12:19

    Com essas colunas tipo V de Brasilia com certeza anos 1960

    Reply
  • Clarice Spoladore 30/04/2015 at 12:28

    Este post me levou aos 3 murais q vc indicou e fiquei encantada diante da habilidade do artista em capturar o sentimento da época ou do momento e sintetizar numa cena permanente – claro, se as gerações seguintes preservarem o testemunho. Admiro muito esses murais, desde o mais singelo! São Caetano tem muitos pelos quintais e paredes de garagem. Parabéns pela tarefa!

    Reply
  • Chris 30/04/2015 at 14:10

    Na cidade de São José dos Campos também há um mural dos anos 70, retratando uma praia baiana, é muito bonito. Fiquei com medo que destruissem porque lá houve uma reforma recentemente.
    Caso tenham interesse em ir lá fotografar, fica numa clínica veterinária:
    Nessa foto do Google dá pra ver o mural, do lado esquerdo, debaixo da garagem (essa imagem é antiga, a fachada já foi modificada):
    https://www.google.com.br/maps/uv?hl=pt-BR&pb=!1s0x94cc355fcb554967:0x6bbe1c8700d2d5ee!2m5!2m2!1i80!2i80!3m1!2i100!3m1!7e1!4shttps://plus.google.com/114699225136029976040/photos?hl%3Dpt-BR%26socfid%3Dweb:lu:kp:placepageimage%26socpid%3D1!5scl%C3%ADnica+pandora+s%C3%A3o+jos%C3%A9+dos+campos+-+Pesquisa+Google&sa=X&ei=UGFCVdj3JqrlsASM8ICQDQ&ved=0CGoQoiowCw

    Reply
  • JOSÉ LUIZ DE OLIVEIRA 30/04/2015 at 16:49

    SERÁ QUE A CASA DE SÃO CAETANO NÃO FOI PROPRIEDADE DE UM PATRULHEIRO????ABÇS.

    Reply
    • jose otenio 22/10/2015 at 12:15

      Esta casa é (ou foi) do ator Carlos MIranda que protagonizou o personagem da série “Vigilante Rodoviário”, e que mais tarde tornou-se realmente um policial rodoviário.

      Reply
  • salvador saldanha 30/04/2015 at 18:25

    https://www.youtube.com/watch?v=Sr0xOy-hkNE
    Imagm, do carro com o Vigilante Carlos

    Reply
  • Madalena Caperuto 30/04/2015 at 22:15

    Morei na Rua Padre Anchieta próximo a esta casa. Ainda moro em São Caetano e na garagem da minha casa tenho em duas paredes paisagem em azulejos. Acredito que sejam de 1965.

    Reply
  • Mauricio Victoria 30/04/2015 at 23:08

    Essa automóvel,era fabricado pela Brasinca,foi feito apenas uma unidade,tinha motor chevrolet 4.2, 6 cilindros em linha com 3 carburadores duplos,atingia 200 km de final,a curiosidade é que ele tinha instalado na dianteira do carro,uma metralhadora,para combater o crime nas estradas brasileiras…….

    Reply
  • PEDRÃO 01/05/2015 at 01:19

    MEU PAI CONTA QUE O AVO DELE TRABALHAVA NO POSTO DE CONTROLE DA ANCHIETA E QUE QUANDO FOI DEMOLIDA ELE TIROU PARTE DAS CERÂMICAS ANTES DA DEMOLIÇÃO

    Reply
  • Luiz 01/05/2015 at 20:48

    Tinha três carburadores simples SU (ingleses).

    Reply
  • José Carlos Martinez Serrote 02/05/2015 at 11:38

    Que legal isso, bela imagem !

    Reply
  • Fernando Marson 06/05/2015 at 19:23

    Como se não bastasse uma linda pintura como esta, o destaque de nela ter um mito automotivo nacional a faz ainda mais importante.

    Reply
  • danielpardo2015 08/05/2015 at 15:57

    Eu como um bom fanático por carros (principalmente por Fuscas) queria ter um mural desse na minha casa, ele é perfeito.

    Reply
  • William Lima 12/05/2015 at 01:31

    acho sensacional esse tipo de arte, pena que nem todos valorizam, só do ano passado para cá, aqui na cidade de Itapira-sp, foram demolidas 2 casas com murais de azulejos que certamente viraram pó..

    Reply
  • Alessandra 22/08/2015 at 18:10

    Adorei o seu site. Como posso adquirir e o valor da foto do mural dos imigrantes? Seria para um evento escolar colocaremos todos os créditos necessários.Parabéns pelo site.

    Reply
  • Eduardo V 02/01/2016 at 12:01

    Vejo que a parede ao lado do mural (onde tem a janela) é feita de pedra Dolomita Branca, que era uma pedra utilizada nas décadas de 1950/1960 aqui em SP. Alguem sabe onde encontrar essa pedra à venda atualmente?

    Reply
  • Marcos Antonio dos Santos 26/01/2016 at 22:51

    Com muito orgulho posso falar desta maravilha foi meu pai que veis esta construção Luiz Jose dos Santos morador neste bairro na rua Jose Bonifácio mais de 50 anos

    Reply
  • Damaris 27/01/2016 at 19:55

    Passo em frente está casa todos os dias, fica na rua ao lado da minha.
    Impossível não dar uma olhadinha. Ė lindo demais.

    Reply
  • m.lino.fonseca@bol.com.br 01/02/2016 at 17:51

    Um Filme do Coronel Carlos Miranda em que aparece o Veículo “Gavião” http://flaviogomes.grandepremio.uol.com.br/2009/09/121428/ Abraços…. Maurício Lino.

    Reply
  • Maurício Lino da Fonseca 01/02/2016 at 17:58

    Boa tarde Amigos, creio que esse link esclarece alguma questão, grande abraço a todos. http://flaviogomes.grandepremio.uol.com.br/2009/09/121428/

    Reply

Comunicado importante aos leitores e leitoras do São Paulo Antiga

Neste momento estou enfrentando um período de muitas dificuldades para manter o site no ar, com a possível saída de nosso patrocinador institucional.

 

Preciso da sua colaboração para que o site não encerre suas atividades em 1 de julho de 2018.

 

Faça uma doação ou assinatura mensal no site São Paulo Antiga, através da plataforma APOIA.SE

 

Desde já muito agradecido,

Douglas Nascimento, autor e editor