Reza uma antiga lenda paulistana que uma das atribuições da Guarda Civil Metropolitana é zelar pelo patrimônio público da cidade. O termo lenda é mais apropriado do que usar a palavra dever, pois basta um giro rápido por alguns de nossos locais turísticos e pelos monumentos para constatar que boa parte deles estão abandonados pela nossa prefeitura.

E, tão difícil como encontrar por ai o Saci-pererê ou a mula sem cabeça, é difícil encontrar um guarda municipal protegendo um monumento de nossa cidade. O resultado disso é que muitos de nossos grandes monumentos e pontos turísticos tornaram-se uma espécie de terra de ninguém, com obras de arte danificadas, roubadas e até mesmo pichadas.

Alvo de reportagens do São Paulo Antiga desde 2009, a Fonte Monumental é um dos mais belos monumentos paulistanos e também um dos mais vandalizados. A escultura está aos poucos sendo destruída. E o pior, o poder público nada faz para protegê-la. Pelo contrário, toma atitudes que pioram ainda mais a situação dos monumentos, especialmente os localizados na região central da cidade.

No caso do centro, a prefeitura fechou os banheiros públicos. Com isso, moradores de rua acabam fazendo suas necessidades nas ruas e até dentro de monumentos, como é o caso da própria Fonte Monumental, que tornou-se uma espécie de banheiro improvisado. O antigo banheiro público do Anhangabaú, por exemplo,  foi fechado sem muito alarde tendo sido totalmente emparedado, como atesta a fotografia abaixo.

Banheiro fechado: Ato em prol da higiene pública ou do higienismo ? (clique para ampliar)

O patrimônio é o testemunho dos antigos modos da sociedade. Testemunho que está se perdendo a cada dia que passa com a Fonte Monumental. Vizinhos do monumento, pedestres e a equipe do São Paulo Antiga vem testemunhando a sua morte vagarosamente. Situada na Praça Júlio Mesquita, era para ser uma área de lazer, mas virou um templo da degradação humana e social, onde viciados costumam se encostar para consumir drogas e moradores de rua adentram na fonte para fazer necessidades fisiológicas.

Concebida em mármore de carrara a linda fonte, instalada em 1926, está perdendo a luta para o vandalismo que está mutilando o monumento, e para as pichações que tornaram-se constantes. Será que a Prefeitura de São Paulo não está observando esses atos de vandalismo? Será assim tão dificil manter o local limpo e bem cuidado ? As lagostas que adornavam a fonte há muito tempo se foram. A mão de uma das sereias foi decepada e há rachaduras e buracos por toda a obra cujos danos, à medida que o tempo passam, vão se tornando irreversíveis.

Alguns danos ao monumento são mostrados pelas setas (clique para ampliar).

Vale ressaltar que a Fonte Monumental é de autoria de Nicolina Vaz de Assis Pinto do Couto, uma das primeiras mulheres escultoras do Brasil e responsável pela primeira manifestação de art nouveau de São Paulo, segundo o escritor e historiador Clarival do Prado Valladares.

Com todo esse dano à nossa memória e ao nosso patrimônio o poder público, e também nós cidadãos, precisamos ter em mente que quem sai perdendo é a história transcorrida pelo passado que não está sendo preservado, muito menos valorizado. O prejuízo para a nossa história de São Paulo e do Brasil é incalculável.

E todo esse vandalismo e descaso à nossa história poderia ser facilmente combatido se um guarda civil metropolitano ficasse ali de prontidão. Mas, será mais fácil encontrar o Saci-pererê ou qualquer outra figura lendária pela Praça Júlio Mesquita do que ver um oficial municipal guardando nosso monumento.

Que ponto turístico "bem cuidado" de nossa cidade, não? Clique para ampliar.

Colaboração no texto: Douglas Nascimento

About the author

Licenciada em História, é pesquisadora e professora da rede pública e particular em Guarulhos. É co-fundadora da Associação Guarulhos tem História e Associação Brasileira de Estudos Cemiteriais (ABEC). Co-autora dos livros "Guarulhos tem História" e "Guarulhos: espaço de muitos povos".

Deixe um comentário!

Comments

  • aquinaojacare 19/12/2011 at 17:34

    Que vergonha…. no Brasil a restauraçao nao existe tudo se arrebenta e fazem uma merda em cima…. Lamentavel…. uma bela fontana.

    Reply
  • Tereza Cristina G Castro 19/12/2011 at 18:40

    Infelizmente, não é só esta fonte. Existe uma perto do Viaduto do Chá, abaixo das escaderias que dão acesso ao Teatro Municipal, que fede, e existe lodo. É de admirar, pois a prefeitura é ali próximo e lá é um lugar de shows e eventos importantes.
    Mas, a prefeitura está mais em arrecadar multas, enão dos amarelinhos, CETs, que comentem infração,mas do cidadão em geral.

    Reply
  • Luiz 19/12/2011 at 18:53

    Enquanto isso, pertinho dali, o Sr. Kassab e sua quadrilha da Câmara aumenta seu próprio salário!

    Reply
  • reynaldopapacideroruiz 19/12/2011 at 23:12

    por favor sr. Kassab, não pretendo ofendê-lo ou a sua familia. Mas veja o que o sr. pode fazer para a restauração desse monumento Obrigado grande Kassab.

    Reply
  • Peterson Henrique Freitas 20/12/2011 at 09:04

    Apesar de depredada, a fonte continua muito bonita. Se fossem restaurar iam ter que reproduzir as lagostas, já que dificilmente as originais serão encontradas.

    Reply
  • Nelson 20/12/2011 at 09:54

    Se não arrumam no local que está, então que dêem um jeito de levar a um local onde a ação de vândalos é menor, por exemplo um dos parques da cidade.

    Reply
  • emidio 21/12/2011 at 02:59

    …é mesmo uma tragédia!…a nossa “imprensa”, e digo toda ela, escrita, falada e televisica, é de uma incompetencia sem igual, não cumpre o seu papel, de alertar, mas também de promover a ordem e o progresso da sociedade como um todo!não basta nem de nada adianta, mostrar e depois deixar no esquecimento, será que neste país ninguém à parte os políticos, sabem fazer uma campanha de mobilização e com resultados positivos???
    quero aqui salientar que embora amargurado pela sorte desta nossa querida cidade, aprecio o que voces estão fazendo, mas creiam-me é pouco, ou nada, tem que haver maior repercussão de tudo isto!
    e ainda quanto á este monumento, que me é particularmente querido, já não são só as Lagostas de bronze, que faltam, haviam também na bacia superior,Cariátides também em bronze, belíssimas por sinal!, que também de lá desapareceram!Não falemos da Água, que é o próprio das fontes e chafarizes, que da mesma forma já não fazem parte do belo monumento
    O nosso ” prefeito”, asssim como os “vereadores” e acólitos de serviço devem ser responsabilizados pela NÃo Proteção do bem público,lembre-se o qual eles tem a carga!E Obrigação de zelar!
    O povo não tem respeito nem a educação e cultura para “cuidar” do que é seu, isto também por culpa dos que a cidade governam!
    mas mesmo assim meios existem de se evitar ésta hecatombe!
    Ahh! mais um lembrete nesta praça linda haviam cúpulas que adornavam os belos edifícios( sepode ver em fotos antigas de até a década de cinquenta/sessenta, que davam ainda mais glamour, aos cinemas hotéis cafés e restaurantes, deste nosso centro tão preterido!
    ai de nós, povo sem memória…sem cabeça, sem futuro!!!
    obrigado pela atenção…espero que ela dê bons frutos
    e que nosso centro não só recupere seu lustro como se torne ainda mais grandioso e belo!!!

    emidio

    Reply
    • Gilmar 26/03/2013 at 21:25

      Sr Emidio, parabens por suas memorias e por seu apreço a cultura e com certeza algum resultado teremos …..GRande abraço.

      Reply
  • marcelo gonçalves rodrigues 21/12/2011 at 09:29

    É uma vergonha!!! Mas dar incentivo aos clubes de futebol a prefeitura dá, agora cuidar do seu patrimônio isso pode esperar!!!

    Reply
    • Francisco Carlos 24/12/2011 at 20:22

      Eu vi esta fonte Monumental nos seus dias de Glória jorrando aguas coloridas e refletores para todos os lados !!!era um espetaculo !!!!
      Hoje a prefeitura só pensa em arrecadar IPTU o resto que se dane
      Como já comentei em outro tópico o pt acabou com a nossa cidade por duas vz !!!!
      Memória e Cultura NUNCA será o forte deles!!!
      Só bandalheira pena que o eleitor descobriu isso muito tarde, sobrou ruinas !!!
      Infelizmente estamos na mão de bandidos !!!

      Reply
      • Conrado 05/01/2012 at 21:27

        PT? Engraçado, achei que os governantes que mais deixaram a cidade ao Deus-dará fossem aquele Serra e aquele Kassab, conhece? Os maiores defensores da nossa cidade, não abandonam mandatos por terminar ou aumentam o próprio salário e dos amiguinhos.

        Cegueira faz mal, rapaz.

        Reply
        • Ariane Corral 16/01/2012 at 08:51

          Quando o Serra assumiu a Prefeitura, a Fonte Monumental encontrava-se gradeada ainda existia as duas cabeças das sereias e três lagostas, todas fundidas em bronze. Ao retirar a grade iniciou-se o vandalismo. Não adianta ficarmos culpando os partidos, aliás, eles tem culpa tb, mas os atos de vandalismos que acontece na região é um pior que o outro.

          Reply
  • Quimba Tatuapé 26/12/2011 at 16:09

    para o estádio do corintians tem dinheiro… êta brasil…

    Reply
  • Fonte Milão — São Paulo Antiga 26/12/2011 at 18:03

    […] Batalhão de GuardasAbandono MonumentalQuarteirão Demolido – Rua Dr. Amâncio de CarvalhoO monumento que a Prefeitura de São Paulo abandonou Pesquisar no São Paulo […]

    Reply
  • adenir 06/01/2012 at 17:38

    A guarda civil metropolitana desde quando entrou Kassab ta tanto ou mais largada que esses maravilhosos monumentos públicos ,sem concurso a varios anos e varias bases da regiao central ,como a do vale do Anhagabaú e a da praça da república fora fechadas.

    Reply
  • Peterson Mello 28/01/2012 at 10:31

    Ainda tem algo a se fazer por esses monumentos ?
    Pois infelizmente nas imagens que estou vendo não tem mais jeito , espero estar errado .. Apesar que mesmo se tivesse jeito ninguem tomaria nenhuma atitude , ” ninguem ” eu digo os que tem pode para isso.

    Reply
  • Mari 25/03/2012 at 02:44

    Vergonhoso! Um povo sem história…Um povo sem memória…É um povo sem cultura! A população destrói e a nossa amada Prefeitura finge que não vê! Bem certo o ditado: Em terra de cego, quem tem um olho é rei”. O nosso governo quer mesmo um povo sem cultura, sem história, um povo alienado a tudo. Aqui em São Paulo, se a pessoa for muita corajosa, ela tenta andar pela região mencionada para visitar esses monumentos!!!!!!

    Reply
  • Peterson Henrique Freitas 27/04/2012 at 14:07

    Passei hoje mesmo em frente a essa Fonte.
    Tinha um africano morando dentro dela. Eu fui ver de perto e ele ainda ficou me encarando, mas dava pra ver certinho a marca das lagostas roubadas, as rachaduras… Imagino que deve ser muito difícil restaurar pedaços quebrados de mármore, repor o que foi perdido. Depois o africano saiu e mijou do lado de fora: tanto mijo vai fermentando e corroendo o mármore.
    É engraçado que nessa região tem muitos africanos. Eu via eles no Centro e pensava “será que tem algum restaurante africano em São Paulo?” com curiosidade de experimentar. E lá tem, mas cheiram muito mal.
    Muito triste mesmo de se ver um monumento lindo nesse estado. Essa região tem bastante imóveis antigos, se a Fonte fosse restaurada ia ficar lindo.

    Reply
  • luis 03/01/2013 at 21:39

    Boas novas… Tapumes envolvem a fonte e a sua escultura central encontra-se totalmente coberta. Restauro a vista!! Porém, não existe qualquer sinal de alguma intervenção no restante da praça… vamos aguardar.

    Reply
  • Ayrton Buccelli Junior 20/03/2013 at 17:02

    Será hilariante para nós sermos uma das cidades da Copa 2014 e apresentar aos turistas este nível de degradação de nossa cidade. Será uma linda demonstração do povo educado e culto que somos. Certamente, os turistas sentir-se-ão encantados e retornarão muitas outras vezes, para visitar os “monumentos” da nossa São Paulo.

    Enquanto isso, a Prefeitura continua cobrando seus impostos de nós, contribuintes, sem nos devolver coisa alguma em troca.

    Reply
  • cida 27/03/2013 at 21:36

    É REVOLTANTE O QUE ESSES VANDALOS FAZEM,QUEREMOS MUITO A RESTAURAÇÃO MAS SE NÃO TIVER POLICIAMENTO,COLOCAR AS LAGOSTAS DE VOLTA É DAR DINHEIRO PARA VAGABUNDO POIS SEM PROTEÇÃO ELES VÃO ROUBAR DE NOVO.

    Reply
  • Vinícius Ferreira 02/05/2013 at 19:36

    Finalmente essa fonte foi recuperada! Agora ela está novamente embelezando a nossa cidade, mesmo com adaptações.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: