Toda vez que passo pelo bairro de Higienópolis lembro-me do bairro da Recoleta, em Buenos Aires. Salvo as devidas proporções, os dois bairros são bastante parecidos, por uma série de fatores: casarões, prédios de alto padrão, ruas arborizadas, elevado poder aquisitivo e também pela grande comunidade judaica.

E é neste bairro que estão alguns dos belos palacetes da região central da cidade, praticamente todos eles bastante preservados. Um que é muito bonito é este a seguir:

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

Localizado no número 462 da avenida Higienópolis, quase na esquina com avenida Angélica, este belo casarão do início do século 20 é de um período que o bairro de Higienópolis já era bem ocupado por casarões e palacetes de fazendeiros, industriais e personalidades políticas.

Neste palacete residiu o Dr. Raul da Cunha Bueno, fazendeiro e importante personalidade paulista da primeira metade do século 20. Os diversos ramos da família Cunha Bueno estão espalhados por São Paulo e o sobrenome se faz presente em vários edifícios paulistanos, como no Brooklin e na Bela Vista, mais precisamente na avenida 9 de Julho e rua Rocha.

Detalhe da fachada (clique para ampliar)

Detalhe da fachada (clique para ampliar)

Raul da Cunha Bueno era proprietário da Fazenda Nova Niágara, que era na época a maior propriedade rural do município paulista de Óleo. A fazenda existe até hoje e é ligada ao setor pecuário. Era bastante comum aos fazendeiros da época manterem propriedades na capital paulista, onde faziam seus negócios, deixando na fazenda um administrador.

Bastante preservado, o palacete foi utilizado como residência até meados da década de 50. Nos anos 60 o imóvel já era utilizado para fins comerciais, com algumas empresas com escritório ali, como a Editora Central e a Bolsa de Imóveis do Estado de São Paulo, entre outras. No local desde meados da década de 70 opera uma agência bancária.

Crédito: Douglas Nascimento / São Paulo Antiga

Oriundo de tradicional família paulistana, Raul da Cunha Bueno era neto do Visconde da Cunha Bueno (também conhecido como Barão de Itaqueri) e filho de Joaquim da Cunha Bueno e Maria Francisca da Cunha Bueno.

Raul da Cunha Bueno foi casado com Maria Cecília Carneiro Leão da Cunha Bueno e faleceu em 22 de setembro de 1946.

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

JOIN THE DISCUSSION

Comments

  • J.C.Cardoso 10/12/2014 at 12:03

    Muito bom, exceto pelo corrimão “muderninho” de inox tubular, que não me parece original…

    Reply
  • Maria Randerly Cunha Feitosa 10/12/2014 at 12:13

    Lindo.Saudades de tanta Arquitetura Bonita.

    Reply
  • Suely Kawana 10/12/2014 at 12:23

    Este casarão realmente é lindo, fica ao lado da Praça Buenos Aires, de esquina com a Avenida Angélica. Sabia que foi de um Cunha Bueno, mas apenas isso. Obrigada por me dar mais detalhes a respeito!

    Reply
    • Douglas Nascimento 10/12/2014 at 12:24

      Olá, Suely! Ele não fica de esquina com a Praça Buenos Aires não… aquele lá é outro (e também agência bancária).
      Este fica um quarteirão abaixo.

      Reply
      • Beatriz 08/03/2016 at 00:41

        Ele fic na Av Higienópolis, quase na esquina com a Av. Angélica. O segundo andar dele é muito bonito, com vitral maravilhoso, com a insígnio BI do proprietário (tinha ouvido falar que havia pertencido ao Barão de Iguape?!?) e o banheiro é decorado em art nouveau. Realmente, ainda hoje funciona um banco ali.

        Reply
  • Ezã Magda m Cardozo Silva 10/12/2014 at 13:13

    Douglas, achei lindo este casarão, dá gosto de ver, belas fotos.
    Bem conservado , até eu se pudesse queria ter um deste.
    Parabéns pelas ótimas matérias !!

    Reply
  • Wagner Stancampiano 10/12/2014 at 13:18

    … lindo! Vcs não conseguem pesquisar nos arquivos fotos antigas para vermos como era a construção, paisagismo, mobiliário externo, etc originais?

    Reply
  • CRISTINA 10/12/2014 at 16:39

    Douglas, gostaria de saber quando será organizado outro passeio, para conhecer os pontos históricos e outros??

    Reply
  • nazarethlmperes 10/12/2014 at 20:19

    Cada vez que vejo uma mansão assim, eu me imagino morando nela. Que luxo!

    Reply
  • peter gral 11/03/2015 at 21:45

    Por incrivel que pareça eu nasci nesta fazenda ano 1962,
    o proprietario na epoca era jorge da cunha bueno.
    voltei na minha infancia!!!..

    Reply
  • wissengeistes@yahoo.com.br 15/02/2016 at 10:08

    Um Brasil que somente homenageia os algozes do povo sofrido.

    Reply