Grande São Paulo

Palacetes desaparecidos de Campos Elíseos

Comments (12)
  1. Edison Roberto Morais disse:

    Estudei por dois meses (em 1955) no então Grupo Escolar João Kopke. As poucas lembranças que tenho era de um prédio imponente com dois andares.
    Pretendo visitá-lo, mais de meio século depois, junto com um amigo que estudou lá por 3 anos.
    Infelizmente a memória em nosso país é desprezada.
    Poderíamos ter uma preservação maior, caso tivéssemos uma legislação mais pragmática que permitisse uma utilização dos imóveis históricos, sem que os mesmos fossem muito descaracterizados.

  2. JOHNNY KOPPE disse:

    EU MESMO ESTUDEI NO ANTIGO GINASIO STAFFORD NA AL.CLEVELAND AO LADO AONDE HOJE É O SESC B. RETIRO ! VOU PROCURAR UMA FOTO SE ECONTRAR EU TE ENVIO , ABS

  3. Elizete disse:

    Mamãe conta que era a elite paulistana que morava ali por volta da década de 50. Quase todos descendentes de estrangeiros, gente fina, elegante, educada e trabalhadora….incluindo-se a sede do Governo Estadual (época do Dr. Ademar de Barros). Hoje só restou os casamentos pomposos da Igreja Sagrado Coração de Jesus. Que pena!

  4. SILVIA disse:

    uma correção: Embora a maioria dos nomes de ruas de Campos Elíseos TENHA SIDO alterada.

  5. Sergio disse:

    Douglas
    Na esquina GletteXGuaianazes houve um palacete onde residiu a família do industrial Jorge Street, o criador da famosa vila operária Maria Zélia, e fabricande de sacarias de Juta muito usadas para exportação de produtos agrícolas; com a falência do grupo industrial por volta de 1930 o palacete foi adquirido pelo governo estadual e abrigou cursos da antiga Fac Filosofia Ciencias e Letras da USP entre as décadas de 30 e 60 do século passado. Lá por volta de 1970 com a mudança desses cursos para a Cid Universitária o prédio voltou a particulares (acho que a velha Folha de São Paulo o adquiriu) e acabou logo sendo demolido; no terrenio além de uma grandiosa figueira (que uma antiga aluna uspiana luta para ser tombada como patrimônio) só resta um estacionamento vizinho da velha sede do governo estadual e de um mais novo grande terminal de ônibus. Mais informação pode ser obtida no site:
    http://200.144.182.66/memoria/por/local/123-Palacete_Jorge_Street
    Sergio

    1. Sergio, acho que a uspiana que você se refere é a famosa “Vovó Neuza”, não é ?
      Estamos preparando uma matéria bem legal sobre o palacete do Jorge Street, ainda em julho colocaremos no ar.

      1. Sergio disse:

        Douglas Uma amiga a quem indiquei o São Paulo Antiga me disse para te repassar o site sobre o “palacete do Street”; o site é de geólogos que lá estudaram; o endereço é :
        http://www.figueiradaglete.com.br/

  6. Daniel Pardo disse:

    Pelo visto no lugar do Palacete Mourisco, desde 1984 que não se constrói nada ali, tipo, como se fosse uma maldição por terem derrubado o antigo palacete.

  7. Dener Dalla-Rosa disse:

    Eu tenho um livro sobre arquitetura em que há várias ilustrações deste primeiro palacete da baronesa de Arari… Ele era em estilo eclético e foi projetado por Ramos de Azevedo…

    1. Olá Dener, qual o nome do livro ?

  8. Luiz Henrique disse:

    No chamado “anel-viário” de Guarulhos, havia um casarão do início do século vinte, que funcionava, segundo o relato de alguns, como uma estação ferroviária, já que por ali passava o famoso “trem da Cantareira”.
    Há muitos anos foi demolido, mas, em 1982, quando fui morar lá perto, com minha família, ele ainda estava de pé e bem mal-tratado. O local fica próximo ao Supermercado Jaraguá, apesar deste estar situado à avenida Timóteo Penteado. Sabe onde fica, Douglas?

  9. FRANCISCO ANTONIO ROXO DOS SANTOS disse:

    INFELIZMENTE SOMOS UM PAÍS SEM MEMÓRIA, TEM MUITOS TERRENOS VAZIOS PELA GANÂNCIA DE SEUS PROPRIETÁRIOS DERRUBAREM OS ANTIGOS IMÓVEIS COM INTENÇÃO DE LUCRAR MUITO E HOJE ESTÃO A PAGAR IMPOSTOS E SEM ESTAR COM OS LUCROS ALMEJADOS .
    HOJE ESSES IMÓVEIS SE EM PÉ ESTIVESSEM QUANTO NÃO VALERIAM HOJE?????

Deixe uma resposta

Publicidade:

SP ANTIGOS

Nosso Instagram: @saopauloantiga
Something is wrong. Response takes too long or there is JS error. Press Ctrl+Shift+J or Cmd+Shift+J on a Mac.