Estamos aqui mais uma vez com outra receita tradicional paulista. Desta vez com uma que é pouco conhecida e que tem um nome bastante sugestivo: Pudim Paulicéia.

clique na foto para ampliar

Publicada pela pesquisadora Rosa Belluzo no livro São Paulo Memória e Sabor, a receita traz a adaptação de uma outra copiada do caderninho de receitas da Tia Solange de Amorim Lima.

Parece ser uma relíquia de família onde foram registrados alguns tesouros culinários paulista. Não sei quem foi Tia Solange nem de que época é o caderno, mas o pudim foi aprovado pelos comensais daqui da redação.

PUDIM PAULICÉIA

  • 6 ovos
  • 200 gramas de açúcar refinado
  • ½ xícara de chá de queijo meia-cura ralado
  • 100 gramas de manteiga em temperatura ambiente
  • 4 colheres rasas (sopa) de farinha de trigo
  • ½ copo de leite
  • 1 colher (chá) de canela em pó
  • Manteiga derretida e açúcar para untar a forma

Unte uma forma de buraco no meio de 20 centímetros de diâmetro com manteiga e polvilhe com açúcar. Preaqueça o forno a 180º C.

Bata todos os ingredientes no liquidificador e despeje a massa na assadeira untada. Leve ao forno para assar em banho-maria por aproximadamente 45 minutos. Desenforme ainda morno.

clique na foto para ampliar

A receita original escrita por Tia Solange recomenda cravo em pó, não menciona o banho-maria e não pede polvilhar a forma com açúcar. Eu preparei a receita adaptada e coloquei apenas meia colher de chá de canela em pó pois acredito que uma colher inteira vai deixar gosto predominante de canela e eu não queria esconder o sabor do queijo.

Depois conte para nós se fizeram e gostaram do pudim!

About the author

Gerente de serviços em uma multinacional de tecnologia, Heloisa é fascinada por trabalhos manuais e faz da culinária um de seus hobbies prediletos.

JOIN THE DISCUSSION

Comments

  • Rogerio Peixoto 17/03/2017 at 20:44

    Gosto muito do seu blog por resgatar a culinária paulista, algo pouco difundido entre os paulistanos. Gostaria de deixar uma sugestão: que vc faça um programa de TV dedicado à culinária do nosso estado. Ou, produzir um vídeo independente e apresentá-lo às emissoras. Que tal?

    Reply
  • Marilia 18/03/2017 at 08:17

    Vou fazer, deve ser uma delicia!

    Reply
  • Deborah 18/03/2017 at 13:22

    Hummmmmm
    este pudim está lindo…fiquei com água na bocaaa!!!

    Reply
  • Daniel Pardo 19/03/2017 at 19:03

    Eu uma vez fiz um bolo que apelidei de “Ruínas do Coliseu”, pois bastou uma espetada com a faca que o bolo desmoronou todo. 😀 😀 😀 😀

    Reply
  • Emerson de Faria 22/03/2017 at 14:52

    Já estava com saudades de ver receitas novas neste site. A cada receita, um resgate do meu orgulho de paulista ao quadrado (paulistano e paulista).

    Reply

Comunicado importante aos leitores e leitoras do São Paulo Antiga

Neste momento estou enfrentando um período de muitas dificuldades para manter o site no ar, com a possível saída de nosso patrocinador institucional.

 

Preciso da sua colaboração para que o site não encerre suas atividades em 1 de julho de 2018.

 

Faça uma doação ou assinatura mensal no site São Paulo Antiga, através da plataforma APOIA.SE

 

Desde já muito agradecido,

Douglas Nascimento, autor e editor