Nossas cidades estão sempre em contínua transformação. E essa constante afeta diretamente a relação dos imóveis com os municípios. Em velocidade que muitas vezes espanta o cidadão, bairros pacatos tornam-se agitados, ruas pequenas viram avenidas e lugares antes de prestígio mudam completamente para um bairro depreciado.

Em Santo André, encontramos um exemplo muito claro de como as transformações urbanas podem ser marcantes. No bairro de Santa Terezinha, especificamente na rua Distrito Federal, encontramos uma linda casa que mostra bem como as nossas cidades se transformam.

A casa fica muito próximo ao hoje poluído rio Tamanduateí, mas que no passado era um rio limpo e vivo. No passado não tinha vizinhos de frente e tinha uma bela vista para o rio. A medida que o tempo passa veio a industrialização do bairro, a chegada da imponente indústria do Moinho São Jorge e a urbanização passou a modificar a região por completo.

Hoje o pobre rio Tamanduateí é um grande esgoto a céu aberto e morar próximo a ele não é mais vantajoso. As ruas próximas se desvalorizaram e a muitas das construções da época foram demolidas ou esquecidas, mas a linda casa do número 72 permanece ali, resistindo.

Foi possível notar que a casa está fechada, sem energia elétrica (o relógio foi removido) e o mato no terreno lateral da casa está muito grande. Pichações pela fachada e pela porta denunciam que a casa está em situação de abandono, vazia. Mesmo assim, o jardim da frente da casa permanece muito bem cuidado. Alguns minutos diante da casa e constatamos o canto de pássaros que ainda aparecem por ali.

Notem o lindo portão pequeno e o muro baixo. Do tempo em que portões e muros eram meras demarcações do limite da propriedade e não precisavam ser enormes barreiras intransponíveis para evitar furtos e violência. Outros tempos, outras maneiras.

Veja mais fotos da casa (clique na foto para ampliar):

Atualização: A casa foi demolida em meados de 2015

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe uma resposta

Comments

  • Gustavo Moreira 17/08/2011 at 21:44

    Sempre vejo essa casa quando vou a Sto. André, esse trecho Av. dos Estados é cruel (ou toda ela?), sem árvores e com o entorno deteriorado. A casa é super charmosa e que terreno bacana!

    Mais a frente existe o campus da UFABC com sua arquitetura minimalista de encher os olhos.

    Reply
  • Ralph Giesbrecht 17/08/2011 at 21:51

    Realmente, a casa é simples e linda. Pena que os pichadores não colaboram em nada. São uma praga mesmo.

    Reply
  • Marcos 19/08/2011 at 23:47

    Moro em Santo André, justamente em Santa Terezinha. Suas casinhas antigas, com arquitetura típica da década de 30 e 40, o que dão um ar de cidade do interior ao bairro, têm sido derrubadas para a construção, nos terrenos relativamente grandes, de apartamentos sem nenhuma preocupação arquitetônica. O crescimento econômico, sem planejamento ou cuidado, é por vezes o câncer das cidades. Parabéns pelo post e pelo site.

    Reply
  • Alexandre Bastos 02/09/2011 at 02:08

    Conheço o bairro e a história da cidade e infelizmente essa história está se perdendo. Meus avós moram em uma casa muito parecida com esta no P. Novo Oratório e lá a situação é parecida, o bairro todo está sendo tomado por pequenos apartamentos inclusive o Casarão da antiga Fazenda da Juta que deu origem ao bairro. O casarão proximo a av das nações foi demolido e o gigante terreno esta dando lugar a mais um condominio…..infelizmente não tenho imagens da antiga casa…..

    Reply
  • Tadeu 07/09/2011 at 23:10

    Gostei de ver um imóvel de Santo André por aqui, cresci perto do bairro de Santa Terezinha, no bairro de Utinga.

    Reply
  • Katiúcia 23/09/2011 at 16:02

    Eu gostaria muito de ver fotos desse Casarão da Juta dos comentários acima, mas não encontro nada na internet e no Google Street View…

    Reply
  • MARGARETE 29/03/2012 at 01:25

    Moro em Santo André, a maioria das casas tem terrenos grandes, e todos quase tem jardim…ou tinha, pois ultimamente tenho visto lindas casas antigas darem lugar a prédios, galpões enormes! na rua em que resido foi derrubado um lindo imóvel para dar lugar a dois sobradinhos espremidos e ridículos. Ganância afinal é o que move o mundo, o proprietário faleceu e meses depois os herdeiros nem pensaram duas vezes..lamentável.

    Reply
  • Antonio 23/04/2012 at 11:12

    O que acontece com esta casa que está abandonada.

    Reply
  • Guilherme Calado 16/09/2013 at 23:22

    Fico feliz que gostaram da casa onde nasci e vivi por cerca de 20 anos!

    Reply
    • Solange Senzaki 17/09/2013 at 22:23

      Tempo bom né Gui… que não volta nunca mais….

      Reply
    • alexandre 24/09/2015 at 17:41

      mas pq a casa esta abandonada o que aconteceu que ninguem quer morar e cuidar ,,, quero ela pra mim morar e cuidar tenho dois filhos e estou precisando urgente de uma casa whatsapp 11 974380747

      Reply
  • Solange Senzaki 17/09/2013 at 22:26

    Essa casa é loka demais… Colhi muito abacate deste quintal…

    Reply
  • Daili cavallini 15/10/2013 at 20:59

    Eu resido á rua Distrito Federal ,223 e gostaria de mostrar minha casa que é um chale de madeira que meu avo comprou em 1.928 e eu lembro da dona da casa do 72 que era muito simpatica e tinha varios filhos; eu era pequena e naõ recordo seu nome. ( hoje estou com 72 anos ). Parabens Douglas; esta convidado para um café em minha casa.

    Reply
    • Douglas Nascimento 16/10/2013 at 17:45

      Olá Daili, como vai ?

      Sei qual é sua casa, olha que qualquer hora eu vou aparecer mesmo!
      Obrigado pela atenção!

      Reply
      • Ricardo Antunes 29/11/2017 at 15:53

        Foi lá?

        Reply
%d blogueiros gostam disto: