Os arredores da rua Santa Ifigênia, no centro de São Paulo, especialmente no quadrilátero das ruas dos Timbiras, Andradas, Vitória e Triunfo, são repletos de construções antigas, curiosas e belas. Muitas delas estão em mau estado de conservação, porém mesmo assim encontramos alguns imóveis que estão preservados e são bastante interessantes, como este abaixo.

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

Localizado no número 220 da rua do Triunfo bem diante do antigo (e infelizmente caindo aos pedaços) Hotel Escala, este sobrado comercial antigo é um dos belos exemplares que ainda encontramos sobrevivendo na região da Santa Ifigênia.

Trata-se de um imóvel do início do século de estilo bastante típico para a região naquela época. No térreo funcionam estabelecimentos comerciais e o andar superior é de caráter residencial. Mesmo hoje a região não estando em sua melhor fase o imóvel ainda funciona desta forma, com pequenos comércios embaixo e em cima funcionado como lar.

Crédito: Douglas Nascimento / São Paulo Antiga

Apesar de algumas pichações, o imóvel está bem pintado e bastante conservado, com todas suas características originais preservadas, sendo que as poucas alterações externas visíveis são duas portas comerciais que foram emparedadas na porção do imóvel que segue pela rua dos Gusmões, e duas janelas que foram trocadas por pequenos vitrôs na extremidade direita do piso superior.

Uma revitalização da região, há anos aguardada pelos paulistanos, poderia dar novos rumos a estes imóveis, hoje em boa parte funcionando como cortiços ou pontos de prostituição. A região tem potencial turístico e comercial, bastando um incentivo e estimulo por parte de nossas autoridades.

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe um comentário!

Comments

  • Carlos Gama 25/10/2014 at 11:04

    É estimulante ver que ainda existem cidadãos que se preocupam com a preservação de bens, de construções como esta e outros que trabalham com amor e respeito para divulgar esses bens e a sua conservação.
    É de entristecer que existam indivíduos (se é que podemos chamá-los assim) que destroem, que sentem prazer em externar o que lhes vai no íntimo, pichando ou depredando o patrimônio público e privado.
    Pior que essas expressões negativas é o acobertamento ou o apoio que recebem daqueles que parecem se alegrar com esses crimes.
    O primeiro grupo mostra uma sociedade em evolução; o segundo e o terceiro são o retrato claro da involução da raça humana.

    Reply
  • danielpardo2015 03/03/2015 at 23:06

    A Luz… Ahhhh… a “Nova Luz”…

    http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,mercado-imobiliario-abandona-revitalizacao-da-nova-luz,457958

    Reply
%d blogueiros gostam disto: