Algumas ruas de São Paulo sofreram tantas mudanças no decorrer dos anos, que sequer dão algum sinal de como elas eram 50 ou 100 anos atrás. Entretanto, algumas vias ainda mantém uma ou outra casa que dá para nós uma certa noção do local no passado.

No número 1120 da rua Dr. César, já quase esquina com a Avenida Brás Leme, sobrevive intacta esta bela casa antiga da foto abaixo:

Trata-se de um belo exemplar do início do século 20. A fachada típica de casas mais simples daquela época é observada com a fachada dando direto na calçada, dois respiros de porão, janelas cujos vidros ficam para fora da esquadria de madeira e um pequeno portãozinho de entrada no canto esquerdo da residência.

No quintal, uma grande variedade de plantas, talvez para aliviar um pouco da poluição intensa desta rua, que é movimentada durante todo o dia. Uma construção antiga bastante simpática e aconchegante, de tempos que não voltam nunca mais.

Nesta mesma rua está a residência antiga que abriga a loja Pudim da Casa.

Veja mais fotos da residência com a pintura anterior:

 

 

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

JOIN THE DISCUSSION

Comments

  • Marcus 05/05/2015 at 17:18

    Por que colocavam nas janelas o vidro para a rua?

    Reply
    • Manoel Aguiar 05/01/2016 at 22:29

      Olá amigo estou aqui em Cananeia sp, e tem várias casas assim, fiz a mesma pergunta ao morador e a resposta foi a seguinte :Antigamente ter vidros nas janelas era status, pessoas de posse pois o vidro era um artigo muito caro, então as pessoas faziam as janelas com os vidros para fora, para mostrar que eram ricas, ou possam muitas posses, espero que seja isso mesmo, foi o que ouvi do morador.

      Reply
  • Luiz Henrique 05/05/2015 at 17:35

    Que legal! Ô tempinho bom!!

    Reply
  • Nazareth Peres 05/05/2015 at 17:57

    Adoro essas casas com porões e janelas de duas folhas.

    Reply
  • ernani 05/05/2015 at 20:55

    A casinha é muito linda e aconchegante mesmo!
    Existiam muitas dessas residências aí no bairro de Santana. Infelizmente elas foram demolidas e no lugar surgiram as torres de concreto.
    É muito triste, mas São Paulo está cada dia mais poluída.
    A cidade está cinzenta, sem correnteza de ventos, poucas praças, parques, e áreas verdes. Logo não teremos mais lugar suficiente para tomar um sol e respirar melhor. Vamos respirar toneladas de gás carbônico emitido dos carros que aumentam dia a dia.
    Vamos ter que curtir muito, pneumonias, alergias, gripes, problemas cardíacos, e outras doenças muito mais serias.

    Reply
  • Dan 06/05/2015 at 01:22

    Santana e arredores tem tesouros escondidos assim em suas ruas.
    Tem um local em Santana, que tem uma rua bem estreita chamada “Travessa Danças Caipiras”, (fica na Rua amaral Gama)que parece ser um pedacinho de Santana como antigamente. Nem o Google Earth entrou pra fotografar essa travessa.

    Reply
  • danielpardo2015 08/05/2015 at 16:13

    Se essa casa fosse no Brás, certamente seria um cortiço.

    Reply

Comunicado importante aos leitores e leitoras do São Paulo Antiga

Neste momento estou enfrentando um período de muitas dificuldades para manter o site no ar, com a possível saída de nosso patrocinador institucional.

 

Preciso da sua colaboração para que o site não encerre suas atividades em 1 de julho de 2018.

 

Faça uma doação ou assinatura mensal no site São Paulo Antiga, através da plataforma APOIA.SE

 

Desde já muito agradecido,

Douglas Nascimento, autor e editor