Bairro com grande número de construções antigas, o Bom Retiro sempre apresenta surpresas para o nosso blog.

Entre os números 112 e 115 da rua Porto Seguro, já próximo do bairro do Pari, encontramos uma sequência de seis casas antigas geminadas abandonadas e parcialmente demolidas.

Cinco delas ainda preservam a fachada original enquanto uma delas já teve sua fachada descaracterizada para a instalação de uma garagem.

Pelo que foi possível constatar, quase tudo no terreno foi arrasado e a fachada tornou-se uma espécie de muro para proteger de alguma invasão na área.

Dependendo do que for construído no local as cinco casas que ainda ostentam a fachada original poderiam ter as mesmas preservadas, como se fosse um muro. Seria um pedaço da memória paulistana preservada sem impedir uma nova construção.

Veja mais fotos destas casas geminadas (clique na miniatura para ampliar):

Ainda existem mais duas outras casas nesta mesma rua que são também geminadas e bastante interessantes, mas que não são do mesmo conjunto arquitetônico:

clique na foto para ampliar

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe um comentário!

Comments

  • Eloisa Magnani 21/10/2011 at 22:48

    Preservar? Não, preferem construir uns prédios feios iguais aos que aparecem na 1ª foto. Devia ser cheio de crianças brincando nessa rua, com certeza era um local bem agradável.

    Reply
  • Lilian Ferreira 06/10/2018 at 03:09

    Olá Douglas, sou do interior do Paraná, mas profunda admiradora do teu trabalho e do site, já faz anos. Posso passar horas admirando tuas fotos.
    Obrigada por tudo isso.
    Quanto as incríveis casinhas, pergunto com medo: será que ainda estão de pé?

    Reply
    • Douglas Nascimento 06/10/2018 at 12:15

      Olá Lilian, como vai ? Estão de pé ainda do mesmo jeito… talvez, eu diria, um pouco mais detonadas pela ação do tempo.

      Reply
%d blogueiros gostam disto: