A Cidade de São Paulo perde mais um casarão para dar espaço a um outro empreendimento imobiliário. Semana passada fomos alertados pelo leitor Andy Gerstner, através de nossa fanpage no Facebook que um casarão na altura do número 380 da Rua Tomás Carvalhal, no Paraíso, estava começando a ser demolido.

Nós estivemos no local e infelizmente confirmamos o fato, o belo casarão azul localizado em frente a Praça Estado da Palestina, foi colocado abaixo. A demolição foi muito rápida e quando chegamos ao local encontramos apenas algumas paredes e o muro em pé, o resto já se acumulava em uma enorme pilha de escombros.

O imóvel que agora só existe em fotografias, não estava abandonado ou invadido e nem mesmo em más condições. Pelo contrário, estava muito bem cuidado e com sua estrutura praticamente intacta e original, sendo que no local funcionava uma pensão.

O fim do sobrado não será solitário, apuramos que o novo empreendimento que surgirá no local irá colocar abaixo pelo menos mais três vizinhos do lado esquerdo do casarão. Em um deles a Constrac , que irá erguer o novo empreendimento, deixou uma placa para alardear sua futura obra (veja última foto da galeria abaixo). O que é difícil de compreender é como autorizam mais um edifício em um trecho da Rua Tomás Carvalhal que está completamente saturada e fica congestionada até mesmo aos domingos.

Assim, mais um casarão sai da cena urbana de São Paulo. Sem mesmo ter tempo de se despedir…

Veja mais fotos deste casarão e do imóvel vizinho (clique na foto para ampliar):

Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento

Conheça a região através de nosso mapa:

Visualizar São Paulo Antiga em um mapa maior

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe uma resposta

Comments

  • Bullitt Kowalski 05/09/2012 at 20:00

    Esse local é horrível em termos de tráfego, todo mundo tentando cruzar ou pegar a 23 de maio somada ao povo que sai do corredor e entra ali pra pegar a Oscar Porto, formando um cruzamento horrendo.

    Lamentável.

    Reply
  • Denise Patti 02/04/2015 at 23:46

    Esse casarão foi pintado de azul e abrigou uma pensão mas antes e por muitos anos foi branco e pertenceu a uma família amiga. A família Azambuja.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: