Muitas ruas e avenidas de São Paulo se transformaram completamente nas últimas décadas, algumas para melhor e outras para pior. Vias essencialmente residenciais se transformaram em áreas comerciais e áreas outrora interessantes se tornaram locais degradados.

Bonde parado onde é a atual Vereador José Diniz

Bonde parado onde é a atual Vereador José Diniz

Uma avenida que mudou bastante é a Vereador José Diniz. No passado, até meados da década de 30, a via era apenas o caminho do Tramway de Santo Amaro, onde se trafegavam os bondes (foto acima) que então interligavam São Paulo ao vizinho município de Santo Amaro, que alguns anos mais tarde seria anexado à capital.

O mapa abaixo mostra a região em 1930. Notem o corredor da atual avenida Ibirapuera apenas chamado de “Tramway de Santo Amaro” e o trecho da foto do bonde, atual Vereador José Diniz no canto inferior esquerdo, sequer aparece pois era área do município vizinho, enquanto o mapa era apenas da capital paulista.

Atual Moema e arredores em 1930 (clique para ampliar)

Atual Moema e arredores em 1930 (clique para ampliar)

Com a unificação das cidades e o desenvolvimento da região de Indianópolis (atual Moema), bairros essencialmente de chácaras, como o Campo Belo, começaram a se desenvolver rapidamente.

A própria Avenida Vereador José Diniz, nas proximidades da já demolida fábrica de chocolates Lacta, teve um impulso de urbanização, sobretudo entre os anos 40 e 50, quando transformou-se em uma avenida com muitas residências e permanecendo como importante corredor viário entre o centro da cidade e o sul do município, agora esticado até mais além com a anexação de Santo Amaro.

Posteriormente, no último quarto do século 20, a via sofreria novamente transformações e muitas de suas casas seriam substituídas por prédios e pontos comerciais, mudando seu cenário para algo completamente diferente do que tínhamos no início do século 20.

Uma das poucas casas sobreviventes do período compreendido pela metade do século 20 é esta abaixo:

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

Localizada na altura do número 3800 da Vereador José Diniz, esta casa é praticamente a última remanescente nesta via a manter as características do seu período de construção. Suas vizinhas ou foram demolidas ou foram descaracterizadas, sendo transformadas em lojas ou restaurantes.

O sobrado antigo mantém todas as suas características originais preservadas, como o pequeno jardim a frente, a garagem lateral e os charmosos muro e portão baixo. É um imóvel tão distinto de seus vizinhos, que parece uma cápsula do tempo no meio da agitação de uma avenida conhecida pelo trânsito intenso a qualquer hora do dia.

Que este preciosidade dure!

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

JOIN THE DISCUSSION

Comments

  • Valdimir D’Angelo 03/03/2015 at 11:13

    Morei muitos anos na Av. Jurucê (que aparece no antigo mapa da região, antes de existir o bairro de Moema) e há várias casas similares à da foto encravadas entre os prédios daquela região, inclusive uma na esquina da Jurucê com a Al. dos Nhambiquaras.

    Reply
  • rodrigopires 03/03/2015 at 12:33

    Fica ao lado do Planeta Cerveja, passo em frente todos os dias e nunca havia reparado. Show! 🙂

    Reply
  • Fernando 03/03/2015 at 16:11

    Uma boa pintura e sómente uma limpeza das pedras da fachada e muro já bastavam!!! Vale a pena e muito!!!

    Reply
  • Lu 03/03/2015 at 17:50

    Eu conheci a família em 1977, mantivemos contato até meio dos anos 80. Por conhece-los acredito que ainda é a residencia deles sim. Uma das filhas estudou comigo o colegial técnico. Essa casa é encantadora e por muito tempo foi charmosa porque o proprietário tinha na garagem um lindo Gordini cor de “café com leite”. Não vou falar nomes.

    Reply