O bairro do Pari sempre revela grandes surpresas. A cada visita que o blog faz por aquela região sempre encontramos alguma novidade interessante para fotografarmos, e desta vez não foi diferente.

Este lindo sobrado abandonado construído em 1929 está localizado na rua Coronel Morais, 418 na esquina com rua Dr. Pacheco e Silva chama a atenção não só pelo lamentável estado que se encontra mas também pelo lixo encontrado em sua calçada e no seu quintal. Nos minutos que estivemos por ali fotografando constatamos que algumas pessoas acham que imóvel alheio vazio é depósito de lixo e mesmo sendo vistos pela lente de uma câmera não se intimidaram em despejar lixo no quintal frontal da casa. Lamentável.

Por outro lado, mesmo estando bastante deteriorado é possível notar a beleza da construção, que mesmo deixada à própria sorte está resistindo ao tempo. No anda superior, há muitas janelas e uma sacada bastante charmosa. Um imóvel como este restaurado seria algo muito bonito de ser ver no Pari.

Atualização 02/01/2010:

Infelizmente, nas últimas semanas de dezembro, o lindo sobrado de 1929 foi demolido. Em poucos dias o que era uma casa repleta de memórias e com uma bela fachada virou uma pequena faixa de pedregulhos para carros de um restaurante do outro lado da rua poderem estacionar. Confira após a galeria do imóvel, uma foto do que virou o local da casa.

Veja mais fotos deste sobrado:

Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento

O terreno após a demolição (clique na foto para ampliar):

Conheça o local através do mapa:

Visualizar São Paulo Antiga em um mapa maior

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe um comentário!

Comments

  • Passado Brasileiro 30/10/2010 at 14:09

    Nossa que linda esse sobrado… Adorei Douglas. Fiquei curioso, o que seria essa placa com as letras “GN”, podemos ve-las nas fotos 7, 8 e 9… Essa placa esta localiza abaixo da placa com o número da casa.
    Seria as iniciais dos antigos moradores???
    Grande abraço!

    Reply
    • Douglas Nascimento 30/10/2010 at 16:48

      Olá!

      GN = Guarda Noturno. Significa que à noite o local tem vigilância. É muito comum encontrar estas plaquinhas nas casas paulistanas.

      Reply
    • Ralph Giesbrecht 31/10/2010 at 14:30

      Essa casa é simplesmente maravilhosa. E está num dos poucos locais da cidade em que eu jamais fui em minha vida. Quanto à placa GN, tenho praticamente certeza que significa “Guarda Noturno” – pelo menos, é o que meu pai sempre comentava: estava numa região atendida por eles.

      Reply
  • Renata 31/10/2010 at 00:20

    Nossa, que falta de respeito jogarem lixo. A casa pode estar abandonada e precisando de muitos cuidados, mas isso não significa que ela virou depósito de lixo. E o pior é que tal atitude só colabora para proliferação de pragas como ratos além de sujar a cidade.

    Reply
  • Tweets that mention Sobrado de 1929 – Rua Coronel Morais, 418 — São Paulo Antiga — Topsy.com 31/10/2010 at 12:39

    […] This post was mentioned on Twitter by Douglas Nascimento, São Paulo Antiga. São Paulo Antiga said: Sobrado de 1929 – Rua Coronel Morais, 418 – http://vempra.ca/uy […]

    Reply
  • Daniel 31/10/2010 at 20:45

    é lamentável ver uma casa dessas abandonada como se não tivesse nenhum valor…

    Reply
  • Ivone 01/11/2010 at 21:59

    Eu vejo sempre esta casa pq vou a um restaurante que fica em frente.
    Morro de vontade de conhecer ela por dentro, mas ela está todinha emparedada (portas, janelas….) uma judiação.
    Na vizinhança tem umas outras casas lindas que são comerciais e foram “restauradas”.

    Reply
  • Eduardo Britto 03/11/2010 at 07:09

    Merecia uma manifesto, ou passeata, pela sua preservação. Parabéns ao SPAntiga pela divulgação.

    Reply
  • Clelia Person Lammardo 17/12/2010 at 23:31

    Douglas

    Eu te mandei há algum tempo algumas fotos desse sobrado. Ele, realmente, mostra um pouco da beleza residencial que o bairro do Pari já teve. Aliás, é uma das poucas casas antigas com jardim.

    Hoje, ele já foi demolido. No lugar há um pequenino estacionamento.

    Reply
    • Douglas Nascimento 18/12/2010 at 16:29

      Clélia,

      Passei hoje lá pra conferir e foi demolido mesmo, virou estacionamento. Fiquei muito triste…

      Reply
      • Ivone 21/12/2010 at 14:56

        Oi Douglas,
        Sábado fui jantar no restaurante que fica em frente, e fiquei abalada, chocada, ou qquer coisa parecida.
        Virou um micro estacionamento do restaurante. A casa parecia tão grande e no fim virou um monte de pedrinhas.
        E o tiozinho que cuida dos carros, ainda me disse: “É, pois é, agora vc tem onde estacionar qdo vem aqui…. Melhor, né?”
        E eu fiquei sem palavras…

        Reply
  • Retrospectiva 2010 — São Paulo Antiga 02/01/2011 at 16:46

    […] Sobrado de 1929 – Rua Coronel Morais, 418 [Pari] […]

    Reply
  • Carla Silva 11/01/2011 at 21:32

    Nossa gente, que pecado…se eu fosse comprar uma casa compraria uma casa antiga como esta, cheia de história.Adoro casas antigas e simplesmente não entendo o que acontece aqui em SP, não se preserva a história, é mais fácil destruir tudo e construir em cima…acabando com a história da cidade…aqui no Tatuapé e na Vl Formosa tbém temos muitas casas lindas como este casarão.

    Reply
  • Áler Matos 04/02/2011 at 23:45

    É tão triste ver a nossa história virar pó…
    As pessoas nunca pensam em restaurar, fazer de um prédio abandonado em algo bonito e que deixa o nosso passado bem vivo diante os olhos de todos que por ali passam…
    Infelizmente um casarão formoso e cheio de história virou um estacionamento minúsculo que não resolve muita coisa…

    Reply
  • Rodrigo Marques 06/03/2011 at 17:49

    Puxa, por coincidência achei este site. E vejo esta casa . Morei até os 26 anos no Pari, a dois quarteirões desa casa. Sempre passava, e me perguntava o que tinha lá. lembro que já foi uma espécie de cortiço, e lembro que já morou uma família coreana ali. Depois fecharam e nunca mais vi. Agora soube que demoliram, sem nunca ter conhecido o interior da casa. Bem, é uma caracteristica do bairro, que esta cedendo para especulação imobiliaria de carater comercial

    Reply
  • danilo 22/09/2011 at 17:36

    E assim vai mais uma história para o chão.

    Reply
  • luis sperati 22/10/2011 at 03:22

    nesta casa em meados de 1990 funcionou um cassino clandestino arabe . acsa ao lado que aparece nas fotos tambem ja foi demolida onde funcionava uma tapeçaria

    Reply
  • guilherme salles de campos 24/01/2012 at 19:17

    OH DEUS AUTOMOVEL!QUE DESPERDICIO UMA CASA DESTA DO JEITO QUE ESTAVA SERIA NO MINIMO UNS DUZENTOS MIL REAIS P CONSTRUIR LA ENTRE MATERIAL E MÃO DE OBRA QUE BURRICE,EM VEZ DE REUTILIZAR A CONSTRUÇÃO,HORRIVEL O ESTACIONAMENTIHO MIXURUCA DE CARROS ,PODERIA TER VIRADO UM LINDO ESCRITORIO OU LOJA,SEM CONTAR A QUESTÃO HISTORICA.NOTA ZERO1

    Reply
  • Vitor 25/01/2012 at 23:02

    Que lindo casarão!
    Fiquei imaginando esta casa toda reformada….
    Porquê não colocam á venda,ao invés de emparedar o seu interior,cair no relaxamento e esquecimento para depois demolí-la?
    Mais uma com anos de história que se vai….

    Reply
  • Rodrigo 27/01/2012 at 16:55

    Esta casa deveria ser um dos patrimonios da cidade, não deveriam demolir ela, mais infelizmente o dinheiro fala mais alto.

    Reply
  • William Lima 27/01/2012 at 22:37

    que merda!! perdeu-se uma bela casa de época pra fazer um tosco e feio estacionamento pra meia duzia de carros!!! lamentavel!!

    Reply
  • Joicy 08/02/2012 at 14:09

    Quem é o fdp do dono do terreno que teve o dispeito de derrubar essa casa linda??? eSTOU CHOCADA! Palhaçada no Brasil mesmo! Bando de pobres de tradições, cultura.. de tudo! Olha essa noticia estragou o meu dia! O lazarento que destruio a casa pra jogar 2 sacos de cimentos e fazer de estacionamento deve ser um imbecil!! Se for do tal restaurante desejo falencia! Não precisa de altorização para esse tipo de “assassinato” ??? Eu sou apaixonada por casaroes antigos, mas eu nunca acho um com preço tudo certinho… Esse tipo de imovel nao deve ser derrubado e sim vendido para pessoas amantes de cultura e historia… estou desolada…

    Reply
  • Lúcia Maria Bonato Branco 08/02/2012 at 17:45

    A queM é de direito, autoridades dignas e que amem São Paulo, _______Cuidem desta megalópole antes que ela fique sem passado, sem história.Porque não reaproveitar , porque não resguardar. PORQUÊ?????

    Reply
  • Renato 29/01/2013 at 23:05

    As vezes fico imaginando essa casa recém construída… com tudo novinho em folha… e os moradores aproveitando essa maravilha em uma época onde se podia ter os portões baixoes, etc… As vezes fico pensando se a maioria destes imóveis não estão abandonados por conta da localização ter virado um ponto de insegurança pública… Notem que a plaquinha de GN (guarda noturno) foi colocada por algum motivo… Realmente é triste…

    Reply
  • Fabiula Weiss 04/04/2013 at 17:30

    No mesmo instante em que meu olhos ficaram encantados pela beleza da casa, ficaram bestificados com a ignorância e a ganância desse povo sem coração!!!
    Como podem demolir uma maravilha dessas??? Vendo as imagens das portas e janelas blindadas com tijolos, me lembra alguém muito importante, com olhos e boca vendados, querendo pedir socorro mas não pode, pois vai morrer em pouco tempo!!! Que crueldade transformá-la em estacionamento!!!
    Até quando vamos ver isso??

    Reply
  • Paulo Henrique 26/05/2013 at 18:09

    Eu suponho que a PREFEITURA não deve ter qualquer estímulo para a preservação de um imóvel antigo em boas condições – desconto no IPTU, uma linha de crédito ou um serviço de consultoria e restauro… …tudo deixado ao “lassez-faire” do mercado imobiliário quando não a ativa manipulação do zoneamento e dos gabaritos da cidade visando atender as demandas das construtoras sob o manto bonito da ‘revitalização’ do centro… A propriedade deveria ter sempre um aspecto “social”… não pode ser apenas depósito para encher de tralha ou casa fechada na especulação – ou posta abaixo para reduzir o preço do IPTU e gerar um trocado ao ‘atrair’ mais clientela para o restaurante… e aguardar que algum grande incorporador compre todos os lotes e erga um conjunto de mega torres… afinal… se fizerem uma “faxina social” como se ouve falar sobre os planos em andamento até o final do governo Taxab… essa área toda volta a ser “nobre”… …pura operacionalização do apartheid especulativo-imobiliário… E a “cidade” torna-se cada vez mais uma “coisa”…

    Reply
  • luKAS 12/09/2013 at 19:45

    pelo menos a antiga vizinha sobreviveu

    Reply
    • Mariana Araujo 02/01/2015 at 15:21

      Mais triste do que a demolição é o motivo pelo qual ela aconteceu: um monte de pedrinhas para meia duzia de carros, no lugar de uma obra de arte…fúnebre…..

      Reply
  • Mariana Araujo 02/01/2015 at 15:31

    Olhei no Google (foto de setembro 2014) agora e o terreno esta cercado e com mato. Aparentemente sem cuidados. A demolição do sobrado foi um crime!

    Reply
  • Danilo Moreira 14/02/2018 at 00:01

    Acessei agora no Google Street View e a foto de junho de 2017 mostra o local do mesmo jeito: cercado e com mato alto… Triste…

    Reply
%d blogueiros gostam disto: