Passeando recentemente pelo bairro de Itaquera em busca de casas antigas interessantes para fotografarmos, encontrei novamente esse misterioso sobrado localizado na rua Campinas do Piauí:

clique na foto para ampliar

Na primeira vez que passei diante dele, há seis anos, ele estava do mesmo jeito – talvez com um ou outro vidro quebrado a menos – mas tinha uma grande árvore na calçada que não facilitava muito para fotografar.

Desta vez não havia mais árvore alguma na calçada. Por alguma razão a arrancaram, e não foi devido as fios, já que a fiação aérea está instalada do outro lado da rua.

Todavia a ausência dela permitiu-me fotografar o imóvel.  Por quanto tempo será que ele está nesta condição ? Qual seria o motivo ?

Condições de conservação à parte, me chama muito atenção o estilo aplicado a construção. Trata-se de um imóvel de arquitetura única e bem curioso, com a estrutura ocupando o lote por completo.

Com um estilo que aparente ser do final dos anos 1970 ou início dos 1980, o imóvel tem um andar superior bem peculiar, inclusive com um grande vitrô cujo lado externo é côncavo.

clique na foto para ampliar

Finalmente, lá no alto, há o que parece ser uma espécie de sótão com um estilo que destoa um tanto dos andares baixos, devido a ausência da cerâmica que imita tijolos aparentes.

Apesar da situação que se encontra, achei este imóvel de Itaquera muito interessante. Qual será a história dele ?

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

JOIN THE DISCUSSION

Comments

  • Vania 24/08/2017 at 18:06

    Interessante sim! Considero que, apesar de provavelmente desocupado há muito tempo, o imóvel ainda está em ótimo estado de conservação. O revestimento tem poucas falhas, portões e grades estão em bom estado. Seria muito barato deixá-lo perfeitamente em ordem.

    Reply
  • Elizete Torres 24/08/2017 at 23:33

    Problemas com inventário, certamente………Ninguém se interessa pela conservação (cara), mas todos querem seus dividendos!

    Reply
  • Elisangela perei 25/08/2017 at 12:14

    Eu acho que os donos devem ser filhos, quando crescem e cada um segue sua vida, conquistam suas coisas e acabam não cuidam muito, tipo herança de família, os pais falecem e por fim, como é difícil de vender, ou até mesmo alugar o imóvel ai fica assim bem triste abandonado.

    Reply
  • Danilo Dias 02/09/2017 at 07:46

    Passo aí com frequência e sempre me fiz esse tipo de pergunta. A propósito, essa região de Itaquera está cheio de imóveis incríveis. Alguns infelizmente já foram demolidos. Outros estão em perfeito estado de conservação.

    Reply
  • Daniel Pardo 22/10/2017 at 21:25

    E essa casa não aparenta estar ruim.

    Reply

Comunicado importante aos leitores e leitoras do São Paulo Antiga

Neste momento estou enfrentando um período de muitas dificuldades para manter o site no ar, com a possível saída de nosso patrocinador institucional.

 

Preciso da sua colaboração para que o site não encerre suas atividades em 1 de julho de 2018.

 

Faça uma doação ou assinatura mensal no site São Paulo Antiga, através da plataforma APOIA.SE

 

Desde já muito agradecido,

Douglas Nascimento, autor e editor