O Túnel 9 de Julho é uma das obras viárias mais emblemáticas de São Paulo. Localizado bem na região central da cidade, foi inaugurado em 1938 em um evento que contou inclusive com a presença do então presidente Getúlio Vargas, que era bastante impopular por aqui.

Os anos se passaram e o entorno do viaduto sofreu profundas mudanças, com a vasta área verde ao redor dando lugar a edifícios que mudaram definitivamente a paisagem da região.

As duas fotografias abaixo mostram um “Antes & Depois” da entrada do túnel em duas épocas bem distantes entre si: 1946 e 2013. São 67 anos de distância entre as duas imagens, que mostram como a região se transformou durante este período.

A entrada do túnel em 1946 (clique na foto para ampliar).

A entrada do túnel em 1946 (clique na foto para ampliar).

A entrada do túnel em 2013 (clique na foto para ampliar).

A entrada do túnel em 2013 (clique na foto para ampliar).

Observando as duas imagens, deixe sua opinião a respeito da transformação da região.

Saiba mais:

 

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Deixe um comentário!

Comments

  • Eric Flausino 29/05/2013 at 11:56

    Nossa, a diferença é gritante.
    Muitos prédios ao fundo agora, e antigamente poucos..

    Reply
  • Marcelo Dias 29/05/2013 at 12:13

    Falta de planejamento urbano x (crescimento desordenado + especulação imobiliária) = CIDADE FEIA.

    Reply
  • Paulo Cesar 29/05/2013 at 12:36

    Em 1946 dava até para passear a noite por ali. Hoje em dia, ao meio-dia é perigoso.

    Em 1946 não tinha crack, nem gangues de vagabundos, nem carros circulando a 120 km por hora nas cidades.

    Vivia-se mais e melhor……. hoje as aglomerações humanas e o ritmo frenético das cidades transformaram quase todos em neuróticos.

    Qualquer capital deste país era boa de se viver até meados dos anos 70, depois ficaram horríveis!

    Reply
    • Marcelo Prado Sanches 27/04/2016 at 12:31

      Paulo,
      Concordo com vc quando diz que vivíamos melhor, mas discordo quando diz que vivíamos mais.
      É sabido que a expectativa de vida cresceu em mais de 20 anos nos 67 anos entre as duas fotos.

      Reply
  • Wagner Boemer 29/05/2013 at 17:16

    São Paulo já foi bonita um dia. Os prédios não ajudaram em nada no embelezamento da cidade. Só serviram para especulação imobiliária com um custo quatro vezes maior que uma casa, óbvio , para o comprador. Este assunto merece uma discussão mais profunda, o que não é o caso agora.

    Reply
  • Tota 30/05/2013 at 22:45

    Com todo mundo querendo morar no centro de São Paulo, onde é perto do trabalho, o jeito foi crescer pra cima, morar em periferia ninguém quer. Pergunta pro povo que mora no Cingapura da Av.Ricardo Jafet se quer se mudar pra Carapicuíba!

    Reply
    • Wagner Boemer 03/06/2013 at 09:36

      O centro foi abandonado, ficando apenas escritórios comerciais. É do interesse dos governos do município repovoa-lo, justamente porque existe infra estrutura, segundo eles, governantes, apropriada, só que aumentar a densidade demográfica em pelo menos dez vezes quero ver se a pressão da água na torneira e tensão elétrica continuam a mesma, só para simplificar.

      Reply
    • Pardo 22/02/2015 at 21:01

      VOCÊ gostaria de morar em Carapicuíba???

      Reply
  • Eduardo Britto 02/06/2013 at 08:10

    Morando na adolescência na av. 9 de Julho, ainda na década de 1970 peguei grandes terrenos baldios nessa encosta leste do vale. Brincava no terreno onde hoje está a Fecomércio. São Paulo é o maior problema de saúde pública do Brasil. Desinchar essa metrópole é um desafio para um estadista, é questão federal. O zelador -prefeito não tem recursos para transformar isso, Só quando essa noção bafejar os dirigentes, repensando as metrópoles, será possível mudar algo, se ainda der tempo para isso…

    Reply
  • Luciano 08/06/2013 at 02:45

    O que me espanta é… cade o pequeno morro que tinha ao lado direito da foto? Foi completamente aplainado!

    Reply
    • Luiz Henrique 08/06/2013 at 12:18

      Pois é. Ia comentar sobre isso também…Uma pequena colina, bucólica, que virou história…eita progresso…

      Reply
    • Patricia 08/06/2014 at 00:02

      Não foi aplainado, hoje é a Rua Professor Picarolo, que continua uma grande subida (a antiga subida do morro).

      Reply
  • Luiz 13/06/2013 at 16:24

    A antiga é mil vezes mais bonita!! Hoje é horroroso.

    Reply
  • Nelsom de Assis 23/06/2013 at 15:28

    Observando suas imagens do ‘antes e o depois’, confesso sem sombras de dúvidas que a foto antiga do túnel Nove de Julho é a que mais me emociona, assim como todas as outras, também antigas. O túnel da Nove de Julho foi, literalmente ‘castrado’. Seu torreão, antes imponente e que lhe conferia uma beleza impar, foi brutalmente arrancado de seu topo para dar passagem visual da ‘cicatriz’ que é o novo viaduto em seu alto. Os postes de luz, uma tradição paulistana, foi substituído por ‘varetas’ de iluminação que, com o tempo enferrujarão, ao passo que os antigos e mil vezes mais elegantes postes resistiriam (como ainda alguns resistem) à ação do tempo. Seus chafarizes, antes um belíssimo visual, hoje sucumbem ao descaso e abandono. Quantas vezes me banhei nele (o meu preferido era o da margem esquerda). À noite, a iluminação descortinava um palco de raríssima beleza, com holofotes camuflados e que proporcionavam um show de iluminação em todo o seu entorno. Por fim, além do descaso e descompromisso de quem administra a cidade, ainda tentam nos empurrar ‘guéla a dentro’, um novo nome e, de alguém desconhecido da população. Uma pena que um dos mais emblemáticos monumentos de São Paulo, agonize um morte lenta e dolorosa pois, seu clamor ecoa na cavidades de seu túnel e reverbera, tanto na ida, como na volta. Vergonha.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: