Não deve ser fácil morar na Vila Jacuí e no Jardim Santana, zona leste de São Paulo locais que fazem parte do bairro de São Miguel Paulista. Lixo, entulho, ratos e mato alto são apenas alguns dos inúmeros problemas dos moradores de região.

Fotos: Douglas Nascimento

Políticos aqui só aparecem para pedir votos e fazer promessas vazias, isso de quatro em quatros. A lista de políticos que já passaram pela região nos últimos anos prometendo maravilhas é extensa. Entre os mais citados estão Cândido Vacarezza (PT), Toninho Paiva (PP) e Ricardo Teixeira (PSDB). Só que os políticos passam e o descaso vai ficando, ficando…

Cansados de serem envolvidos por promessas vazias e com a situação de abandono do bairro que ainda persiste, moradores procuraram os sites São Paulo Abandonada e Restaurada para denunciar o descaso sofrido pela população local.

A nossa reportagem foi até o local e pode conferir que de fato ali está um Deus nos acuda, confiram:

Pilhas de lixo se acumulam nas ruas:

O bairro tem coleta de lixo, mas moradores reclamam que nem tudo é recolhido pelos caminhões: “Os caminhões de coleta parecem passar com pressa por aqui, é comum atirarem o lixo para dentro dos caminhões e parte desta sujeira ficar aqui, caída nas ruas.”, diz Márcia Fortes uma das moradoras sa região. Um dos moradores também alerta para a falta de compromisso dos moradores: “Aqui o povo não espera o caminhão de lixo, jogam as coisas nas esquinas como que se a esquina do vizinho fosse um depósito de lixo.”, diz Francisco Barbosa, morador de quase 5 décadas deste bairro.

Fotos: Douglas Nascimento

Lixo é algo comum de ser encontrado nas ruas deste bairro. Pilhas de lixo se acumulam em várias esquinas, misturadas a muito entulho, moscas e ratos em cenas que mais parecem extraídas das regiões mais miseráveis do Brasil. Entretanto, trata-se de um bairro da cidade mais rica do país.

Feira livre não tem fiscalização e nem limpeza eficiente:

Esta é uma das maiores reclamações dos moradores. Segundo Marlene do Nascimento, moradora há 31 anos do bairro, a limpeza da feira de sábado na rua Fruta do Paraíso é feita de qualquer jeito: “Há anos a limpeza da feira é bastante superficial. Os garis limpam de qualquer jeito e deixam muito lixo para trás. Na feira os fiscais nuncam são encontrados para ouvir a reclamação contra feirantes que deixam o lixo jogado de qualquer maneira ou para nos ouvirem em relação ao serviço de limpeza. Se existe fiscal aqui, eles se escondem da população.”.

Fotos: Douglas Nascimento

A reportagem esteve no bairro em uma quarta-feira, e pode conferir a denúncia da moradora. Mesmo tendo passado quatro dias desde a última feira livre, parte do lixo ainda estava no local. Vimos ali restos de abacaxi, caixas de frutas de madeira com pregos expostos, e muito bagaço de cana.

A Praça prometida que nunca veio:

Uma das coisas que mais deixam os moradores do local indignados é a promessa de praça pública feita no ano da última eleição para prefeito de São Paulo, em 2008. Há quase uma década os moradores das ruas Jacarandá do Campo e Fruta de Caiapó mantinham em terreno público um pequeno jardim, com plantas, flores e inúmeras árvores frutíferas, como pés de manga, laranja entre outros. Certo dia, uma pessoa que identificou-se como funcionário da subprefeitura de São Miguel Paulista apareceu no local e disse que iriam ter que arrancar todas as árvores, plantas e flores do local para fazer uma “bela obra de paisagismo”, melhorar o terreno e inaugurar uma praça, com quadra esportiva e bancos para lazer. Os moradores estranharam, mas como o mesmo veio com carro oficial aceitaram perder seus pomares e flores em prol de uma praça para toda a comunidade.

Fotos: Douglas Nascimento

Poucos dias depois tratores e operários arrasaram o local, arrancando tudo aquilo que os moradores plantaram com seus próprios recursos. Tão logo o local foi completamente terraplanado, caminhões, operários e máquinas sumiram. E nunca mais voltaram.

“Na semana da eleição, passou um pessoal pedindo votos para Ricardo Teixeira e quando perguntamos se a praça seria feita disseram que dependia do resultado da eleição, que a Marta não podia ganhar etc. Pois aqui votamos no Kassab e no Ricardo Teixeira, ambos foram eleitos e nunca vieram aqui nem para agradecer e nem para fazer a tal praça. Perdemos nossas plantas e ganhamos mato e lixo.”, diz indignado Antonio Sobral um dos moradores afetados e que só conseguiu salvar uma árvore da sede demolidora da subprefeitura.

Segundo ele, recentemente os moradores resolveram se mobilizar e plantar novas mudas e foram impedidos por fiscais: “Disseram que se plantássemos algo ali seríamos multados, pois agora é proibido” diz Antonio, que continua: “podemos ter lixo, restos de feira e ratos na nossa porta de casa, mas não podemos ter árvores, flores  ou grama aparada, é revoltante”.

A nossa passagem pela região permitiu constatar através de fotografias a veracidade das denúncias dos moradores. O que seria a tal praça, virou uma mistura de mato, sujeira e lixo. Uma terra de ninguém, daquelas que são só lembradas de quatro em quanto anos.

Estamos repassando as reclamações dos moradores aos políticos citados e aguardamos o pronunciamento dos mesmos, que terão igual espaço aqui para se justificarem.

Veja mais fotos do descaso com a Vila Jacui: http://www.flickr.com/photos/rurikmac/sets/72157621941356621/

Confira o mapa do local:


Exibir mapa ampliado

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe um comentário!

Comments

  • Antonio Madela 18/08/2009 at 19:12

    Infelizmente essas promessas de campanha política não é novidade.
    A situação ora mostrada repete-se não só na cidade de São Paulo.
    Repete-se em muitos outros bairros. Mesmo no Centro (Sé e adjacências) vemos o descaso dos administradores.Verdadeiramente é uma situação de venha a nós. o vosso reino que se dane.

    Reply
  • Sebastião 29/08/2009 at 11:45

    Divulguem http://www.prefeitura.sp.gov.br nas escolas locais e peçam para os alunos solicitarem as demandas dos bairros para a prefeitura, isso irá melhor a situação do local…

    Reply
  • gabriely gomes souza 21/10/2009 at 12:34

    a escola pedro teixeira e a melor escola do mundo esta um pouco velia mais um dia vai tar linpa e pintada.

    Reply
    • William Lucas 04/09/2013 at 14:25

      olá meu nome William Lucas , moro em São José dos Campos!
      mais já morei ai, e estudei na escola Pedro Teixeira e lamento muito que as coisas estão ruins por ai.
      eu queria achar uns amigos meu que moram ai mais não consigo encontra eles no face!

      Reply
  • Sandro Jardim 26/10/2009 at 12:41

    Realmente é um descaso com a população mais afastada da zona leste.Se estivessemos em um bairro de classe alta como Tatuapé e Anália Franco, isso não ocorreria, mas como trata-se apenas da Vila Jacuí, fica por assim mesmo. O povo menos favorecido não tem valor nesse país, infelizmente.

    Reply
  • Osvaldo 09/03/2011 at 14:52

    é um descaso muito grande, mais a vila jacui não deve nada a nenhum outro bairro de são paulo, e nem tudo que está escrito é verdade.
    devemos cobrar mais das autoridades, porque sem cobrança não há compromisso. Agora ninguem fala de criar um corredor de ônibus na extensão da AV São Miguel, a noite o transito é absurdo, devido a saída da faculdade Unicsul. se fosse em perdizes, jardins, etc isso já teria ocorrido, é que não tem nenhum político preso no transito nesse horário.

    Reply
  • cassia 25/05/2011 at 09:57

    se espejar as pessoas aonde vamos,e quem paga aluguel como fica

    Reply
  • Thais 22/06/2011 at 09:37

    Eu moro lá e de fato não é o fim do mundo, como está parecendo aí.
    Lixos e promessas não cumpridas existem em todos os bairros.
    Lá eu acho melhor do que muito bairro de são paulo; Assim como tambem tem lixo jogado no tatuapé; hoje isso não é mais problema de bairro mais afastado.
    esse problemas que a jacuí tem são comuns e isto não faz de lá um lugar pior.

    Reply
    • Douglas Nascimento 22/06/2011 at 12:50

      Thais, ou você se acomodou ou tem uma noção muito simples da situação. Minha mãe mora no bairro desde 1978 e o local é um horror. Tente a rua Jacarandá do Campo e veja as pilhas de lixo acumuladas na rua. Estive ali ontem e hoje… Abraços!

      Reply
      • José Ricardo 26/02/2015 at 15:36

        Douglas, parabéns pelas fotos e pela matéria. Hoje estamos no ano de 2015, felizmente não é mais assim, a subprefeitura de São Miguel Paulista está trabalhando em pró disso, mas ainda existem muitos lixos e entulhos. Hoje é comum a população crescer nos bairros de São Paulo.Porem também são maior a quantidade de lixos que o povo jogam
        em ruas e avenidas, a prefeitura continua recolhendo os lixos e entulho que o povo jogam. Isso vejo de perto. Portanto nós devemos preservar o bairro, todos bairros tem sua história, e o povo precisa ajudar nossa bairro de um história bonita e parar de jogar lixo e entulhos nas ruas.

        abraços
        José Ricardo

        Reply
  • Ramon Lesser 09/07/2011 at 09:40

    O povo merece tudo isto, pois em quem eles votam?, ficam o tempo todo nos butecos, ou ouvindo aquilo (que no rio de janeiro chamam de música), são eles mesmos que jogam o lixo na rua, cada povo tem o bairro que merece.

    Ramon

    Reply
%d blogueiros gostam disto: