A Prefeitura de Guarulhos iniciou nesta semana a reforma da locomotiva a vapor, popularmente conhecida como Maria Fumaça, localizada na praça Paschoal Thomeu, antiga IV Centenário, uma das principais entradas da cidade. O trabalho é coordenado pela Secretaria de Meio Ambiente (Sema) em parceria com empresas privadas e sem custos ao município. A situação lamentável em que se encontrava já foi alvo de denúncia aqui pelo Instituto São Paulo Antiga.

Foto: Secretaria de Meio Ambiente / Guarulhos (divulgação)

Vandalizada e deteriorada pela ação do tempo por anos de negligência do poder público, a locomotiva, cujo nome é Dona Joaninha e é similar à que opera em Guarulhos pelo Tramway da Cantareira, já teve a pichação removida e recebeu aplicação de tinta de fundo preparadora e massa plástica para correção de desgastes.

antes do início da reforma, locomotiva estava em péssimo estado de conservação

As próximas etapas da restauração são a troca das peças enferrujadas, conserto da chaminé, aplicação da nova pintura e iluminação. De acordo com a secretaria responsável pelas obras o local será cercado com gradil para inibir novos atos de vandalismo. 

A Secretaria de Meio Ambiente busca agora novas parcerias para a reforma da estação e da casa do chefe da estação, conhecida como Casa Amarela. O local é um conhecido ponto turístico da cidade e fica localizado onde era a antiga Estação Guarulhos da Estrada de Ferro Sorocabana (Tramway) cuja linha funcionou até o ano de 1964.

Foto: Secretaria de Meio Ambiente / Guarulhos (divulgação)

NOTA:

Conheça a história da locomotiva Dona Joaninha, clique aqui.

Sobre o autor

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, é presidente do Instituto São Paulo Antiga e membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Deixe um comentário!

Comentarios

  • Marcelo Bruno Rodrigues 08/07/2020 at 18:18

    Eu me lembro quando fiz o passeio de Maria-Fumaça em Campinas saindo do Carrefour do Trevo da Rodovia D. Pedro I. Depois de um tempo um fazendeiro local a incendiou, destruindo completamente os históricos vagões de madeira. Há ainda locomotivas assim na Estação Ferroviária de Jaguariúna, mas não sei o estado atual de conservação.

    Reply
    • Vinicios de Campinas 09/07/2020 at 08:17

      Marcelo , está funcionando sim , sai de campinas estação anhumas e vai até o centro de Jaguariúna e volta …. passeio muito legal ….09/06/2020

      Reply
  • FRANCISCO JOSE PENTEADO DOS SANTOS 08/07/2020 at 18:23

    Legal

    Reply
  • Marcio Marcinek 08/07/2020 at 18:56

    Minha única tristeza é saber que é necessário instalar uma grade para inibir a ação de vândalos…

    Reply
    • Emerson de Faria 09/07/2020 at 09:00

      Pois é, realmente lamentável.

      Reply
    • Claude Marzel 09/07/2020 at 09:17

      E não será o bastante!

      Reply
  • Carlos A.L.Costa 08/07/2020 at 19:22

    Muito bom saber que existe pessoas preocupadas com a história do país. Eu andei muito com essa maravilha na minha juventude. Morei em Guarulhos na década de 60. Justamente morando na vila sorocabana onde residiam os antigos aposentados da EFS. Bons tempos. Saudades das idas de Guarulhos ao Tucuruvi com a velha Maria Fumaça.

    Reply
    • Claude Marzel 09/07/2020 at 09:17

      Queria ter estas memorias!

      Reply
  • Carlos Antonio Lopes 08/07/2020 at 21:38

    Fico muito feliz com isso! Conheço a estação de quando inda criança meu pai me levava passear de trem.Depois, quando jovem, morei em Guarulhos na época do Recanto Amigo, por 7 anos muito felizes.

    Reply
  • Lellis 08/07/2020 at 23:59

    A prefeitura de Guarulhos deveria refazer um trecho de linha e fazer passeios na praça com um trem turístico

    Reply
  • Roberto Martins 09/07/2020 at 00:54

    Eu viajei alguma vezes nos ano de 1959 a 1961 fazia o trajeto de jaçana até o bairro Pari, tenho muita saudade deste tempo….é lamentável ver em que estado se encontrava a locomotiva.

    Reply
  • Campinas e sua ferrovia 09/07/2020 at 07:47

    Acho que deveriam colocar essa locomotiva para andar, fazer passeios, ela vai continuar morta parada em uma praça, e os vândalos vão continuar indo lá, seria muito top um passeio com ela, seria uma ótima errado turística para a cidade.

    Reply
  • Irineu 09/07/2020 at 08:46

    O maior inimigo dos patrimônios históricos no Brasil é o poder público . Não bastasse a extinção idiota do ramal, ainda permite a destruição do que sobrou. E o brasileiro , povo sem cultura , depreda porque ignora a importância. Somos um país atrasado , estamos ficando no fim da fila. Até meados dos anis 80, éramos um país similar à Índia e Taiwan. Vejam esses países hoje, exportam cérebros pra Alemanha e Canadá . Aqui exportamos para a criminalidade .

    Reply
  • Fernando Teixeira da Silva 09/07/2020 at 08:48

    “ALGUÉM DESPERTOU PARA A VIDA” JÁ ERA HORA!

    Reply
  • Claude Marzel 09/07/2020 at 09:16

    Me doi ter tão pouca imagem do Tranway. Um paciente meu, já falecido conheceu sua esposa nele, subindo para o Horto. Depois foi investigador de policia civil na são paulo dos anos 40. Quantas historias meu bom !

    Reply
  • jorge ferreira dos santos 09/07/2020 at 09:17

    bela iniciativa da prefeitura de Guarulhos e seus parceiros, para conservar esta relíquia

    Reply
  • Alexandre Fontana 13/07/2020 at 13:36

    Que bom! Era muito triste ver a locomotiva abandonada desse jeito.

    Reply
  • São Paulo é o meu país 14/07/2020 at 02:02

    A verdade é que a máfia estatal não está nem aí para a preservação do patrimônio histórico.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: